Domingos Gonçalves arrasa em Alcobaça: “Tive de andar muito tempo à morte”

Domingos Gonçalves (RP-Boavista) venceu este domingo o Circuito de S. Bernardo, em Alcobaça. De forma arrasadora, o campeão nacional de contra-relógio fez várias voltas na frente, dobrou a maioria do pelotão e somou esta vitória da temporada ao título nacional conquistado em Junho. Jesús del Pino (Efapel) e Luís Gomes (RP-Boavista) completaram o pódio.


ÁLBUM DE FOTOS COMPLETO, AQUI!
 
Domingos Gonçalves triunfa de forma arrasadora em Alcobaça (© Helena Dias)

A 26ª edição do Circuito de S. Bernardo contou com um pelotão de 96 corredores a pedalar pela vitória dos 75 km, que totalizaram as 30 voltas em Alcobaça. Desde as primeiras pedaladas, muitos foram os heróis a tentar a sorte neste dia, que estava reservado a uma aventura de força persistente e inesgotável por parte de Domingos Gonçalves.

O campeão nacional fez do Circuito em Alcobaça uma luta contra o relógio e contra o pelotão, tomando a frente da corrida sensivelmente a meio das voltas e tendo como principais perseguidores Jesús del Pino (Efapel), o companheiro Luís Gomes, o jovem Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua), Mário González (Sporting-Tavira) e Igor Merino (Burgos BH).

O espanhol Jesús del Pino tudo fez para chegar a Domingos Gonçalves, que não deu hipótese ao mais directo perseguidor nem ao pelotão, dobrando o grupo em uma volta. Precisamente à falta de uma volta para o final, Domingos passou com o pelotão na meta e a sineta não tocou, levando-o a prosseguir em prova quando na derradeira passagem deveria ter festejado a vitória.

Sem perder o bom humor apesar do cansaço, Domingos Gonçalves disse ao Cycling & Thoughts logo após o final: “Só dei mais uma volta para descomprimir um bocadinho.” E entre risos continuou: “Não… ali foi um bocado confuso, por isso, dei mais uma volta com eles [o pelotão], porque pensei que faltava mais uma volta. Tive de andar muito tempo à morte e estava a ver que não ia aguentar, mas consegui.”

Com uma performance marcante ao longo do percurso, Domingos Gonçalves arrecadou a vitória do Circuito e também o prémio da volta mais rápida, o prémio do maior número de voltas na frente e o prémio da montanha.

Jesús del Pino e Luís Gomes finalizaram em 2º e 3º respectivamente, seguindo-se Mário González e Igor Merino na 4ª e na 5ª posição.

Entre os mais jovens, o vencedor do Circuito da Curia Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) cruzou a meta em 6º e destacou-se como melhor sub-23, seguido de David Ribeiro (Liberty Seguros-Carglass) e André Ramalho (Jorbi-Team José Maria Nicolau).

Pedro Henriques (Vulcal-Inplénitus-CC Centro) venceu o prémio Troféu Timóteo de Matos, como melhor atleta em prova que integrou o Clube de Ciclismo de Alcobaça na sua formação. Entre as equipas presentes, a LA Alumínios-Metalusa-BlackJack venceu no colectivo.

Resultados (em actualização)
1º Domingos Gonçalves (Por) RP-Boavista
2º Jesús del Pino (Esp) Efapel
3º Luís Gomes (Por) RP-Boavista
4º Mário González (Esp) Sporting-Tavira
5º Igor Merino (Esp) Burgos BH
6º Jorge Magalhães (Por) Miranda-Mortágua

Pelotão nas pedaladas iniciais em Alcobaça (© Helena Dias)

A uma volta do final para Domingos Gonçalves e duas voltas para o pelotão, a dúvida ficou no grupo liderado por Bruno Silva  (© Helena Dias)

Domingos Gonçalves na luta solitária pela vitória (© Helena Dias)

Por diversas voltas, Domingos Gonçalves esteve na frente (© Helena Dias)

Jesús del Pino foi 2º na meta (© Helena Dias)

Luís Gomes e Mário González foram 3º e 4º na meta (© Helena Dias)

Mário González 4º na meta (© Helena Dias)

Igor Merino foi 5º na meta, seguido de Jorge Magalhães (© Helena Dias)

Pódio Sub-23: Jorge Magalhães, David Ribeiro e André Ramalho (© Helena Dias)

LA Alumínios-Metalusa-BlackJack sobe ao pódio como melhor equipa (© Helena Dias)

Pódio do Circuito de Alcobaça com Jesús del Pino, Jorge Magalhães, Luís Gomes e Domingos Gonçalves (© Helena Dias)


Sem comentários:

Enviar um comentário