Setembro/2014: equipas e ciclistas lusos pelo mundo

Em Setembro, as equipas e os ciclistas lusos estiveram presentes em diversas provas pela Europa, tendo o grande foco de atenção recaído sobre o final da Vuelta a España e os Campeonatos do Mundo em Ponferrada.

Pedalar pelo ouro em Ponferrada

Após a conquista de um Mundial, como se enfrenta um novo Mundial? A maioria tenta arrefecer as expectativas, sentindo contudo uma enorme esperança de revalidar o título inédito alcançado em 2013 por Rui Costa. Em 2014, o arco-íris deixou de brilhar em mãos lusas, mas nem por isso a Selecção Nacional deixou de honrar o país com uma boa prestação em Ponferrada.

Luta lusa contra o tempo em Ponferrada

Os corredores da Selecção Nacional chegaram a Ponferrada com metas bem delineadas pelo seleccionador José Poeira, conhecedor do potencial dos juniores, sub-23 e elites. O contra-relógio individual foi o primeiro desafio a enfrentar no Campeonato do Mundo com Portugal a superar todos os objectivos e a ficar bem perto de uma medalha.

Pedalar está na moda!

As ruas encheram-se de bicicletas… Nas cidades, vilas e aldeias, a bicicleta tomou conta do asfalto, reivindicando para si um lugar seu por direito. Num simples passeio, em treino ou como meio de transporte para o trabalho ou escola/universidade, nos últimos anos tem havido um acréscimo da bela máquina de duas rodas pelas estradas portuguesas.

Frederico Figueiredo: “A temporada superou as expectativas”

No primeiro ano como profissional, Frederico Figueiredo defendeu as cores da equipa Rádio Popular-Boavista. No seguimento da regularidade a que nos habituou em sub-23, o ciclista de 23 anos realizou uma temporada à imagem dos resultados obtidos nesse escalão de formação, protagonizando importantes desempenhos nas corridas disputadas em Portugal, Espanha e França.

Desafio e sonho na Vuelta de Contador

Começou a escrever a vitória a 14 de Agosto, quando anunciou a sua participação. A 2 de Setembro fez do contra-relógio o palco perfeito para superar os adversários mais directos à liderança do ‘maillot rojo’… subiu a 1º da geral, de onde não mais saiu até final. A Vuelta a España 2014 é sua, é de Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) pela terceira vez na sua carreira.

César Martingil: “O ciclismo é para continuar na minha vida”

Para quem segue de perto o ciclismo nacional, César Martingil é um rosto bem conhecido do pelotão. Apesar dos seus jovens 19 anos, o ciclista do Clube de Ciclismo José Maria Nicolau desenhou um palmarés recheado de pódios em cadete e júnior, escalões nos quais se sagrou Campeão Nacional de Fundo. Actualmente vive a primeira temporada em sub-23 e a realidade não foge à regra. Acaba de conquistar a Taça Nacional de Circuitos no seu escalão, vitória que começou a escrever na primeira prova pontuável disputada na Curia.

Sandro Pinto, futuro ‘contender’ da Volta a Portugal

Sandro Pinto foi considerado uma das revelações da 76ª Volta a Portugal. A pedalar pela equipa continental Louletano-Dunas Douradas, o ciclista de 26 anos fechou o Top 10 da prova rainha do calendário nacional, juntando ao trabalho em prol do líder Hernâni Brôco um desempenho pessoal de nível elevado, estando entre os primeiros na chegada à Torre, a etapa rainha na qual cruzou a linha em 5º lugar.

Edgar Pinto: “Ir para o estrangeiro é o meu grande objectivo”

A um mês de cair o pano na temporada de estrada, Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte) é o vencedor antecipado do Ranking Ciclista do Ano 2014, uma classificação elaborada pela Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais a fim de premiar o corredor mais regular ao longo do ano nas provas do calendário nacional.

Rafael Reis: “É um orgulho pertencer à equipa mais antiga do mundo no activo”

Aos 22 anos, Rafael Reis é considerado uma das maiores promessas do ciclismo português, contando ainda com uma grande margem de progressão relativamente às suas capacidades enquanto ciclista. Numa temporada marcada pelo regresso ao pelotão nacional, abraçou a equipa Banco BIC-Carmim após dois anos a pedalar no estrangeiro. Este ano, sagrou-se pela segunda vez consecutiva campeão nacional sub-23 em contra-relógio, uma especialidade na qual alcançou o mesmo feito em júnior.

Rúben Guerreiro: “Os sub-23 em Portugal têm muita qualidade”

O jovem Rúben Guerreiro acaba de coroar a sua segunda temporada na Liberty Seguros/Feira/KTM sendo eleito o 1º sub-23 do Ranking Nacional Ciclista do Ano, promovido pela APCP – Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais. Com 20 anos de idade, protagonizou uma série de bons resultados nas provas nacionais em que os sub-23 pedalaram lado-a-lado com os ciclistas profissionais, tendo fechado a Taça de Portugal Elites no 3º lugar.

Taça Nacional de Circuitos: vitória final de Pedro Paulinho em Viseu

O final da Taça Nacional de Circuitos disputou-se este domingo na Cidade de Viseu, com a vitória da 7ª e última prova a pertencer ao grande vencedor do Troféu Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte). Em sub-23, o triunfo coube a César Martingil (CC José Maria Nicolau).

CC Bairrada coroa uma brilhante temporada

À parte de todo um frutuoso calendário regional, apoiado pelas diversas associações de ciclismo, o calendário júnior a nível nacional terminou este domingo com a realização do 1º Grande Prémio Internacional de Juniores Joaquim Leão, prova em homenagem ao vencedor da Volta a Portugal de 1964. A vitória desta primeira edição pertenceu a Rui Oliveira, coroando desta forma uma brilhante temporada por parte do Clube Ciclismo da Bairrada.

Edgar Pinto é o Ciclista do Ano 2014

Em Agosto, Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte) subiu à liderança do Ranking Ciclista do Ano, promovido pela APCP – Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais. O mês da Volta a Portugal revolucionou o Ranking Nacional, assomando ao 1º lugar o corredor de 29 anos da equipa de Paredes com 721 pontos, sendo desde já virtual vencedor da temporada 2014, pois os pontos em disputa não permitem ser alcançado pela dupla galega da OFM-Quinta da Lixa, nomeadamente Delio Fernández na 2ª posição a 104 pontos e em 3º lugar a 116 pontos Gustavo Veloso, vencedor da 76ª edição da prova rainha do calendário luso.