Amgen Tour of California, a corrida mais louca, bela e cativante alguma vez vista

De ano para ano, a paixão pelo ciclismo americano aumenta. Ciclistas, equipas, corridas... tudo tem um je ne sais quoi que cativa, emociona, empolga e faz vibrar de modo diferente. As emoções experienciadas ao longo das corridas são brutais, de uma inigualável chama de atracção, crescente edição após edição. Depois de se acompanhar estas provas pela primeira vez, podemos afirmar que se fica viciado na forma despretensiosa e descontraída de como são vividas, repetindo o ritual de acompanhar mais uma edição, passem os anos que passarem.

Amgen Tour of California (© Helena Dias)

Apesar de nem todas as competições serem possíveis de seguir através de imagens em directo, a sua divulgação por escrito na rede social Twitter e nos sites oficiais é realizada de modo tão cativante, quase nos levando a sentir as mesmas sensações de quem está a vivê-las in loco, mesmo estando a milhares de quilómetros de distância da luta no asfalto.

Cada corrida é singular, quer estejamos a falar do calendário americano Pro Road Tour, quer das provas de maior relevo inseridas no calendário UCI America Tour. Aqui destacamos Silver City’s Tour of the Gila, The Larry H. Miller Tour of Utah e Amgen Tour of California.

Apesar dessa singularidade, todas têm a descontracção como ponto comum. Embora exista a inevitável batalha pela vitória, não se sente a habitual tensão que se experiencia nas corridas europeias, mas sim uma leveza no ambiente que envolve o pelotão.

De todas elas, uma arrebata o coração, não fosse ela intitulada de maior corrida americana. Sem dúvida, o Amgen Tour of California é a corrida mais louca, bela e cativante alguma vez vista. De edição para edição cresce a paixão pelo percurso delineado e paisagens visitadas, pelo seu público sui generis e pelotão extremamente combativo e protagonista de belíssimos espectáculos de ciclismo.


Das equipas WorldTour às formações Continentais americanas, todas se batem na estrada com a mesma garra, do ciclista mais consagrado ao jovem aspirante a brilhar em qualquer linha de meta. Neste ponto, jamais esqueceremos as pedaladas de Jens Voigt, notável nas suas incansáveis e emocionantes fugas pela glória, que conseguiu alcançar por duas vezes em etapas na California, a última em Avila Beach em 2013, penúltimo ano como profissional. Igualmente em fugas inesquecíveis, as performances do veterano espanhol Francisco Mancebo (Skydive Dubai-Al Ahli Club), vencedor de uma etapa em Santa Rosa em 2009. E nos pedais lusitanos o carácter batalhador de Tiago Machado (Team Katusha), que nunca desiste por mais adversidades que enfrente e já chegou a brilhar em 4º e 9º da geral em 2014 e 2012 [27º CG em 2016].



De todas as vitórias da camisola amarela Amgen, as duas últimas marcaram pela forma como o actual campeão do mundo Peter Sagan (Tinkoff) demonstrou no terreno que era capaz de lutar contra todas as probabilidades de não ser o vencedor final da edição de 2015 e o modo como Julian Alaphilippe (Etixx-Quick Step), em 2016, defendeu com unhas e dentes a sonhada camisola desde o final da terceira etapa, superando também ele expectativas no contra-relógio em Folsom e tornando-se no mais jovem vencedor do Amgen Tour of California, com 23 anos. Das equipas americanas, sublinhamos o papel preponderante de garra e intervenção em fugas e em movimentos-chave de cada jornada, sobressaindo este ano em grande medida a Axeon Hagens Berman, equipa com os ciclistas mais jovens do pelotão, três deles a finalizarem no pódio da juventude -Neilson Powless, Tao GeoGhegan Hart e o luso Rúben Guerreiro [13º CG em 2016].


Relativamente às paisagens californianas, elas conseguem pintar numa só etapa quadros do mais agreste e árido terreno até à mais doce e verdejante floresta, de uma densidade digna de servir de cenário a qualquer obra-prima de J. R. R. Tolkien. Definitivamente, queremos entrar pelo ecrã e presenciar ao vivo toda esta envolvência. Nos terrenos planos assistimos a sprints de suster a respiração desde a preparação dos companheiros até à derradeira pedalada de esforço por parte dos líderes mais velozes, culminando no êxtase da vitória. Em terrenos mais duros vivem-se reais batalhas até ao limite das forças para derrubar impiedosos cumes como Mountain High, Mount Baldi, o bem conhecido e dos mais apreciados pelo público Mount Diablo ou a chegada emocionante de 2016 ao alto de Gibraltar Road, onde luziu Alaphilippe a vitória no cume da montanha.

Quanto ao público nas estradas, dono de um 'frikismo' muito próprio, somente na California podemos passar do Papa ao surfista, da matrafona aos capacetes com chifres e outras tantas personagens, até à esvoaçante bandeira lado-a-lado dos corredores inspirando-os nas mais duras subidas. Tudo é leve e original, trazendo à corrida ingredientes em peso e quantidade certos para dar lugar a uma iguaria de requinte no mundo das bicicletas. A somar a tudo isto, conta com a aplicação Tour Tracker, do melhor que já se inventou no ciclismo para o acompanhamento mais completo possível de uma prova.

Uma corrida quer-se cativante ao olhar do público e as corridas americanas cativam do tiro de partida ao cair do pano, deixando a todos a vontade de regressar no ano seguinte. Entretanto, os cliques ao ecrã não param, guardando na memória momentos que marcaram a 11ª edição.

Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)
Amgen Tour of California (© Helena Dias)

2 comentários:

  1. Anónimo23/5/16

    Esta é a minha opinião e vale o que vale.Esta crónica transcreve de uma forma inteligente e apaixonada uma prova de ciclismo maravilhosa. Parabéns mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um enorme e sincero obrigada pelas palavras, obrigada mesmo!

      Eliminar