79ª Volta a Portugal: Percurso e Equipas

No 90º aniversário da prova rainha do calendário nacional, a Volta a Portugal Santander Totta realiza a sua 79ª edição entre os dias 4 e 15 de Agosto. Um total de 1.626,7 km vão ser pedalados por 20 equipas, distribuídos pelo prólogo e dez etapas. Lisboa é o local de partida e Viseu recebe as últimas pedaladas num contra-relógio decisivo, que irá ditar o sucessor do ciclista português Rui Vinhas (W52-FC Porto), vencedor da Volta em 2016 e vice-campeão nacional de fundo em 2017.

Rúben Guerreiro campeão nacional de fundo

Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo) repetiu o triunfo alcançado no escalão sub-23 em 2016 e em júnior em 2012, sagrando-se este domingo campeão nacional de fundo em elite. O ciclista de 22 anos venceu no selectivo circuito de Gondomar, ficando o vencedor da Volta a Portugal 2016 Rui Vinhas (W52-FC Porto) com a medalha de prata e o bronze para Ricardo Vilela (Manzana Postobón).

Francisco Campos campeão nacional de fundo sub-23

Francisco Campos (Miranda-Mortágua) é o novo campeão nacional de fundo no escalão sub-23. O jovem ciclista de 19 anos foi o mais forte no exigente circuito de Gondomar, deixando a medalha de prata nas mãos do internacional André Carvalho (Cipollini-Iseo Serrature Rime) e a medalha de bronze para David Ribeiro (Liberty Seguros-Carglass).

40º Troféu Joaquim Agostinho de 5 a 9 de Julho

No ano em que se cumprem 33 anos do falecimento do carismático Joaquim Agostinho, o Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho celebra a 40ª edição entre os dias 5 e 9 de Julho e com um acréscimo de jornadas, num total de 654 km divididos entre o prólogo e quatro etapas, a penúltima das quais dividida por dois sectores.

Domingos Gonçalves campeão nacional de crono

Domingos Gonçalves (RP-Boavista), de 28 anos, sagrou-se esta sexta-feira campeão nacional elite de contra-relógio, igualando o feito do seu irmão gémeo José Gonçalves (Katusha-Alpecin) no ano de 2012. No percurso de 33,9 km em Santa Maria da Feira, Domingos Gonçalves foi o ciclista mais rápido em todos os pontos de cronometragem, completando o esforço individual em 42 minutos e 19 segundos, a 48,066 km/h.

José Neves campeão nacional sub-23 de crono

José Neves (Liberty Seguros-Carglass) sagrou-se esta sexta-feira campeão nacional sub-23 de contra-relógio, repetindo o título alcançado em 2015. No percurso de 22,6 km em Santa Maria da Feira, José Neves foi o ciclista mais rápido ao completar o esforço individual em 28 minutos e 1 segundo, a 48,400 km/h.

25ª Volta a Portugal do Futuro promete emoção

A Volta a Portugal do Futuro realiza a sua 25ª edição já nos próximos dias 29 de Junho a 2 de Julho. Os 595,8 km, divididos por 4 etapas, serão o cenário de uma Volta que promete ser bem renhida entre as 12 equipas na estrada.

“A participação exclusiva de equipas com corredores que aspiram chegar à Elite do ciclismo pode proporcionar autênticas reviravoltas classificativas até à meta, em Alcains. Acredito que estejam garantidas as condições para um excelente espectáculo desportivo, assim o empenho e a irreverência do jovem pelotão o permita”, disse Joaquim Gomes, director da prova e vencedor da 1ª edição em 1993.

Campeonatos Nacionais de Estrada Lusos: tudo o que precisa saber

Os Campeonatos Nacionais de Estrada Lusos, nos diversos escalões masculinos e femininos, começam no final de Junho e terminam no princípio de Julho. Apresentamos em seguida os locais e horários onde os heróis das duas rodas irão disputar os títulos nacionais desde Elites e Sub-23, Cadetes e Juniores, as Femininas, Masters e Elites Amadores, terminando com os Paraciclistas.

GP Abimota: Vicente De Mateos conquista amarela, Fábio Silvestre vence última etapa

Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) conquistou de forma categórica a 38ª edição do Grande Prémio Abimota. O ciclista espanhol de 28 anos assumiu a liderança da camisola amarela desde a vitória da etapa inaugural, defendendo a vantagem de mais de um minuto até ao último quilómetro. Fábio Silvestre (Sporting-Tavira) conquistou a primeira vitória da temporada ao vencer a derradeira jornada ao sprint.

À partida para a última etapa, o pelotão do Grande Prémio Abimota uniu-se na dor dos familiares e amigos das vítimas mortais [confirmadas 61 até ao momento] e de todos os afectados pelo nefasto incêndio que ainda devasta Pedrógão Grande, no distrito de Leiria. O minuto de silêncio feito pelos heróis do pelotão foi precedido por inúmeras mensagens de apoio deixadas por muitos dos ciclistas, portugueses e estrangeiros, nas suas redes sociais. O Estado Português decretou três dias de luto nacional.

José Gonçalves conquista Ster ZLM Toer

Em ano de estreia no WorldTour, o ciclista português de 28 anos José Gonçalves (Katusha-Alpecin) sagrou-se este domingo o grande vencedor do Ster ZLM Toer, competição holandesa de cinco etapas.

José Gonçalves vence etapa rainha e lidera Ster ZLM Toer: "Feliz por escrever o meu nome nesta etapa"

O ciclista luso José Gonçalves (Katusha-Alpecin) venceu este sábado a etapa rainha do Ster ZLM Toer e subiu à liderança da geral, destronando Primoz Roglic para o segundo lugar, tendo oito segundos de vantagem sobre o ciclista esloveno vencedor da Volta ao Algarve 2017.

“Estou em boa forma e a equipa está muito forte, por isso, fui também pela camisola amarela. Estou muito feliz por termos conseguido conquistá-la e também por escrever o meu nome nesta etapa. Eu sabia que era possível e é muito bom consegui-lo”, declarou José Gonçalves após a vitória.

GP Abimota: César Fonte impera em Manteigas, De Mateos mantém amarela

O Imperador do pelotão luso César Fonte (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack) venceu a terceira etapa do Grande Prémio Abimota. Na chegada a Manteigas, o camisola amarela Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) manteve o comando da geral ao ser segundo na meta.

GP Abimota: Ángel Sánchez vence etapa, De Mateos mantém amarela

O espanhol Ángel Sánchez (W52-FC Porto) alcançou a primeira vitória da temporada na segunda etapa do Grande Prémio Abimota. O camisola amarela Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) foi 8º na chegada ao Sabugal, mantendo o comando da geral.

GP Abimota: Vicente de Mateos veste 1ª amarela em Belmonte

Vicente de Mateos é o primeiro camisola amarela da 38ª edição do Grande Prémio Abimota. O espanhol da equipa Louletano-Hospital de Loulé venceu a etapa inaugural com uma vantagem de mais de um minuto para o vencedor da edição anterior Filipe Cardoso (RP-Boavista) e Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), segundo e terceiro na meta em Belmonte.

O legado de talentos da Volta a Portugal

A Volta a Portugal é a rainha das corridas lusitanas e um ponto importante de afirmação de diversos ciclistas, que pedalam ao mais alto nível no pelotão internacional. Para além de Portugal, países como a República Checa, Alemanha, Austrália, Bélgica, Itália, França, Espanha, Cazaquistão e África do Sul viram brilhar na Grandíssima alguns dos seus conceituados corredores, quer em vitórias por etapas, quer na promissora classificação da juventude, desde os ciclistas mais experientes até às jovens promessas da modalidade. Neste artigo, repassamos alguns dos nomes que marcaram a história da Volta nos últimos anos e continuam em evidência no plano internacional.

GP Beiras: Jesús del Pino conquista amarela, Alarcón vence em Manteigas

A Efapel venceu pelo segundo ano consecutivo o Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela. O espanhol Jesús del Pino conquistou hoje a camisola amarela, a sua primeira vitória da temporada. Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu na chegada a Manteigas. Completaram o pódio da geral o russo Alexander Evtushenko (Lokosphinx), a 58 segundos, e o espanhol Beñat Txoperena (Euskadi-Murias), a 1 minuto e 11 segundos.

GP Beiras: Omar Mendoza alcança 1ª vitória para equipa Bolivia

O colombiano Omar Mendoza (Equipo Bolivia), de 27 anos, conquistou a primeira vitória da temporada na chegada a Trancoso, na segunda etapa do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela. Alexander Evtushenko (Lokosphinx) manteve o comando da geral.

GP Beiras: Alexander Evtushenko foge para a vitória

A fuga teve êxito no primeiro dia do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela com o russo Alexander Evtushenko (Lokosphinx) a triunfar em Celorico da Beira e a vestir a primeira camisola amarela desta 2ª edição. Completaram o pódio os companheiros de fuga Jesús del Pino (Efapel) e Ricardo Mestre (W52-FC Porto).

Samuel Caldeira declarado vencedor da Taça de Portugal

A Federação Portuguesa de Ciclismo declarou Samuel Caldeira (W52-FC Porto) como vencedor da Taça de Portugal Elite e Xuban Errazkin (RP-Boavista) vencedor do troféu em Sub-23.

A Taça de Portugal Elite/Sub-23 foi composta por três competições: Volta à Bairrada, Grande Prémio Mortágua e Grande Prémio do Dão. Esta última prova realizou-se a 13 e 14 de Maio, sendo a segunda etapa anulada, em consequência de problemas de segurança decorrentes da transição da responsabilidade de policiamento da GNR para a PSP, deixando as contas finais da Taça em suspenso.

Maio de vitórias para equipas lusas

A temporada 2017 tem sido frutífera para as equipas portuguesas. A nível nacional e no estrangeiro, as esquadras lusas têm alcançado importantes triunfos, mantendo a senda vitoriosa em Maio. A W52-FC Porto foi quem mais se destacou neste mês.

Dumoulin, o novo herói do Giro

Tom Dumoulin (Team Sunweb) venceu a 100ª edição do Giro d’Italia, tornando-se no primeiro ciclista holandês a alcançar esse feito na história do ciclismo mundial. Na luta pela camisola rosa bateu os principais favoritos ao primeiro lugar do pódio, o colombiano Nairo Quintana (Movistar Team) e o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain Merida), que terminaram em segundo e terceiro.

A primeira vitória de Dumoulin e da Sunweb num Grand Tour materializou-se por 31 segundos sobre Quintana e 40 segundos sobre Nibali, ambos vencedores de grandes voltas, nomeadamente da Corsa Rosa.

Amaro Antunes novo líder do Ranking APCP Ciclista do Ano

Amaro Antunes (W52-FC Porto) é o novo líder do Ranking APCP Ciclista do Ano. O ciclista portista subiu ao comando da tabela nacional com o 5º lugar alcançado no Grande Prémio JN, totalizando 488 pontos no final do mês de Maio. O italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) foi destronado para o 2º lugar, mantendo os mesmos 448 do mês anterior. Daniel Mestre (Efapel) subiu ao 3º lugar com 268 pontos, fruto das duas vitórias em etapa e o 4º lugar no Grande Prémio JN.

Análise à estreia de Rui Costa no Giro d'Italia

O ciclista português Rui Costa fechou a sua participação no Giro d’Itália em 27º da geral, nesta que foi a sua nona presença num Grand Tour, sendo oito realizadas no Tour de France. Aos 30 anos, o campeão do mundo de Florença estreou-se na Corsa Rosa como líder da UAE Team Emirates, ficando perto de alcançar a vitória em três etapas ao cruzar a meta em 2º. No lugar mais alto do pódio ficou Tom Dumoulin (Team Sunweb), primeiro holandês a conquistar o Giro.

Rui Costa chegou à 100ª edição do Giro com o objectivo declarado de alcançar a vitória numa etapa. A esquadra UAE Team Emirates atingiu esse objectivo na chegada ao Etna, com a vitória do esloveno Jan Polanc, ao mesmo tempo que o ciclista luso se aproximou do Top 10 da geral, meta nunca declarada por Rui Costa, mas esperada por quem acompanha a sua carreira.

Julian Madrigal vence Taça de Portugal Cadetes

O costa-riquenho Julian Madrigal (1/Junho/1998) sagrou-se vencedor da Taça de Portugal de Cadetes 2017, uma importante vitória para o Alcobaça Clube de Ciclismo, que conquistou igualmente a Taça em Juniores com Pedro Lopes.

Julian Madrigal é natural da província de San Jose, na Costa Rica, e cumpre a terceira temporada no Alcobaça CC, sendo este o segundo ano no escalão de cadetes. Em 2016 ganhou a Taça de Portugal Cadetes Zona B.

GPJN: Raúl Alarcón vence Grande Prémio JN, Daniel Mestre bisa em Valongo

Raúl Alarcón (W52-FC Porto) sagrou-se este domingo grande vencedor da 27ª edição do Grande Prémio Jornal de Notícias. O ciclista espanhol foi segundo na meta em Valongo, onde Daniel Mestre (Efapel) repetiu o triunfo da etapa anterior.

A quarta e última jornada correu-se em Valongo, casa da equipa W52-FC Porto do camisola amarela Raúl Alarcón, estando presente o presidente do Futebol Clube do Porto Pinto da Costa.

Estoniana Maaris Meier conquista Taça de Portugal

A ciclista estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte) venceu em Gouveia a última prova e conquistou em elites a Taça de Portugal Femininas – Jogos Santa Casa. Marta Branco (Maiatos/Reabnorte), Daniela Campos e Lisa Torpes (5Quinas/Município de Albufeira) conquistaram a geral do troféu em juniores, cadetes e masters.

GPJN: Daniel Mestre triunfa em Ovar, Raúl Alarcón mantém amarela

A penúltima etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias disputou-se num sprint a alta velocidade ganho por Daniel Mestre (Efapel), vencedor de duas etapas na Volta a Portugal 2016. Raúl Alarcón (W52-FC Porto) manteve a liderança da camisola amarela.

A terceira e penúltima etapa ligou em 178,4 km Viana do Castelo a Ovar, numa jornada montanhosa com a subida de 1ª categoria da Sra. da Assunção (km 69,8), a 3ª categoria do Alto de Rebordosa (km 90,9) e a 2ª categoria de Airas (km 146,3).

GPJN: Raúl Alarcón triunfa no crono e fortalece amarela

Raúl Alarcón (W52-FC Porto) foi o mais forte no contra-relógio individual e triunfou em Barcelos, fortalecendo a cada etapa a liderança do 27º Grande Prémio Jornal de Notícias.

Nesta tarde de sexta-feira, o 2º sector da segunda etapa disputou-se num esforço individual de 6,7 km em Barcelos com chegada ao Alto da Franqueira. O líder Raúl Alarcón (W52-FC Porto) partiu para o esforço individual com uma curta vantagem de 7s sobre João Benta (RP-Boavista) e 13s para Daniel Mestre (Efapel).

GPJN: Alarcón triunfa em Santa Luzia e consolida amarela

Raúl Alarcón (W52-FC Porto) consolidou a liderança do Grande Prémio Jornal de Notícias ao vencer hoje no alto de Santa Luzia. Sobre a linha de meta bateu João Benta (RP-Boavista) e Daniel Mestre (Efapel) fechou o pódio da etapa a 2 segundos.

Na manhã desta sexta-feira, o pelotão do Grande Prémio Jornal de Notícias enfrentou uma curta etapa com a exigente chegada de 2ª categoria ao alto de Santa Luzia, em Viana do Castelo. Os ciclistas partiram da Maia e percorreram um total de 83,7 km.

GPJN: Vitória de Matias Presa na Maia, Alarcón de amarela

O uruguaio Alan Matias Presa (Kuota-Construcciones Paulino) venceu esta quinta-feira a primeira etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias. A W52-FC Porto manteve a liderança da geral, com a camisola amarela a passar para as mãos de Raúl Alarcón.

GPJN: W52-FC Porto vence crono e Amaro Antunes veste amarela em Viseu

A W52-FC Porto entrou a ganhar no Grande Prémio Jornal de Notícias. A equipa defensora do título venceu o contra-relógio colectivo nocturno e vestiu a primeira camisola amarela com Amaro Antunes.

A cidade de Viseu, na região centro de Portugal, recebeu na noite desta quarta-feira o contra-relógio por equipas de 5,9 km, que teve o tiro de partida às 21h. À partida para o prólogo inaugural da 27ª edição do Grande Prémio Jornal de Notícias estiveram 15 equipas, 12 nacionais e 3 estrangeiras.

Pedro Lopes e Alcobaça CC, uma história de sucesso

Pedro Lopes (27/01/1999) é o mais recente vencedor da Taça de Portugal de Juniores 2017. Ao serviço da equipa de formação Alcobaça CC/Crédito Agrícola, o jovem de 18 anos conquistou o troféu mais almejado numa temporada que já conta com outras importantes vitórias.

Natural de Leiria, Pedro Lopes é federado desde 2012, ano em que entrou para o Alcobaça Clube de Ciclismo, casa onde tem pedalado todos estes anos de formação. Com este Clube vestiu em 2015 a camisola de campeão nacional de contra-relógio no escalão de cadetes, obtendo em 2016 no escalão de juniores o título de vice-campeão nacional de fundo, ano em que conquistou a camisola da juventude (júnior de 1º ano) na Volta a Portugal de Juniores, sendo 3º na geral, agarrando a mesma camisola na Volta a Loulé, uma das principais provas deste escalão.

GP do Dão: Alejandro Marque triunfa no crono

Alejandro Marque alcançou a primeira vitória da temporada com as cores da equipa Sporting-Tavira no contra-relógio individual do Grande Prémio do Dão, última prova pontuável da Taça de Portugal Elite/Sub-23. Daniel Mestre (Efapel) e Domingos Gonçalves (RP-Boavista) completaram o pódio da primeira etapa desta prova, que une o ciclismo à promoção e divulgação da região vinhateira.

A intemporalidade de Agostinho

Um dos nomes intemporais do ciclismo português é o de Joaquim Agostinho, carismático ciclista que deixou mais pobre o desporto nacional com o seu precoce falecimento no ano de 1984, aos 41 anos de idade. Neste dia 10 de Maio cumprem-se 33 anos da sua morte.

Vitória em Torres Vedras dá liderança da Taça a Maaris Meier

A ciclista estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte) venceu este sábado a quarta prova da Taça de Portugal Feminina e subiu à liderança do troféu em elite.

O pelotão feminino esteve em Torres Vedras para disputar a penúltima prova pontuável da Taça de Portugal. Na categoria elite, o circuito de um total de 61,2 km foi disputado ao sprint com Maaris Meier a impor-se diante da campeã nacional Daniela Reis (Lares-Waowdeals) e a sub-23 Soraia Silva (Bairrada). Com este triunfo, Meier assumiu o comando da Taça com 115 pontos, destronando para o 2º lugar Fiona Hunter Johnston (Fusion Fierlan RT) com 112 pontos, tendo sido 9ª na meta, e a fechar o pódio da Taça Irina Coelho (5Quinas/Município de Albufeira) com 70 pontos.

Sérgio Paulinho: “Um ano em Portugal e depois tentar regressar ao WorldTour”

Cerca de duas décadas de carreira, doze anos ao mais alto nível internacional, a vestir a camisola das melhores esquadras, ao serviço dos mais fortes líderes, erguendo os braços em duas etapas de Grand Tours e luzindo uma medalha olímpica. A carreira desportiva de Sérgio Paulinho é notável e em 2017 tomou um novo rumo no ciclismo lusitano.

Aos 37 anos, Sérgio Paulinho regressou ao pelotão nacional, depois de pedalar doze temporadas no pelotão internacional. Além-fronteiras construiu uma carreira invejável, sendo considerado um dos melhores gregários do WorldTour e sob a liderança dos maiores nomes internacionais, como Alberto Contador ao longo de dez temporadas e Lance Armstrong em três. Nessa travessia além-fronteiras, pertenceu sempre às melhores equipas mundiais: Liberty Seguros, Astana, Discovery Channel, RadioShack, Saxo Bank e Tinkoff.

#Giro100 no Eurosport

A 100ª edição do Giro d’Italia decorre entre os dias 5 e 28 de Maio, com transmissão alargada e personalizada no canal Eurosport, tendo como principais anfitriões da emissão portuguesa os conhecidos comentadores Luís Piçarra, Paulo Martins, Olivier Bonamici e Gonçalo Moreira. O Cycling & Thoughts esteve à fala com três dos comentadores para conhecer os pontos-chave da emissão, prognósticos do pódio e perspectivas da prestação lusitana na Corsa Rosa.

No centenário do Giro d’Italia, o pelotão [ver lista] contará com três estreias lusitanas: o campeão nacional José Mendes (BORA-hansgrohe), José Gonçalves (Katusha-Alpecin) e o campeão do mundo de 2013 Rui Costa (UAE Team Emirates).

Abril de vitórias nacionais e internacionais

Análise de Abril ao Pelotão Luso


As equipas portuguesas estiveram em bom destaque no quarto mês do ano e o Cycling & Thoughts recorda os principais momentos protagonizados pelos heróis do pelotão nas provas nacionais e internacionais.

No plano internacional, as equipas continentais portuguesas competiram em Espanha no Gran Premio Miguel Indurain, Vuelta a La Rioja, Klasika Primavera Amorebieta e fecharam o mês na Vuelta Asturias. A W52-FC Porto destacou-se em grande escala ao bater-se de igual para igual em duas provas com a equipa WorldTour Movistar, mostrando que a ambicionada subida ao escalão Profissional Continental tem bases sólidas para acontecer no futuro.

Nocentini permanece no comando do Ranking APCP Ciclista do Ano 2017

Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) permaneceu pelo terceiro mês consecutivo no comando do Ranking APCP Ciclista do Ano 2017, mantendo em Abril os mesmos 448 pontos. Os demais lugares do pódio ficaram igualmente inalterados, com o 2º lugar de Amaro Antunes (W52-FC Porto) a aproximar-se da liderança a 16 pontos e o 3º lugar de Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) a totalizar os mesmos 260 pontos do mês anterior.

Amaro Antunes: “Início de época correu na perfeição”

Amaro Antunes voltou a entrar fortíssimo em mais uma temporada de ciclismo ao mais alto nível. O agora ciclista da W52-FC Porto abriu o ano de 2017 a rivalizar e imperar sobre a nata do ciclismo WorldTour, conquistando a etapa do Malhão na Volta ao Algarve. Dias mais tarde, arrecadou a segunda vitória na dura prova internacional lusa Clássica da Arrábida.

Segundo triunfo internacional de João Almeida

João Almeida conquistou este sábado em Itália a segunda vitória internacional ao serviço da equipa Unieuro Trevigiani-Hemus 1896, depois alcançar a semana passada o primeiro triunfo na Turquia.