Competições internacionais lusas e possível ProTeam em 2019


Innsbruck, na Áustria, tem sido por estes dias palco dos Campeonatos do Mundo de Estrada e de importantes reuniões no que concerne o ciclismo profissional. Desde a eleição para a presidência da CPA (Associação de Ciclistas Profissionais), que ditou a vitória de Gianni Bugno para o terceiro mandato consecutivo, derrotando David Millar, até à aprovação da Reforma do ciclismo profissional e do calendário internacional 2019 pela UCI (União Ciclista Internacional), que definiu 30 dias de competição internacional em Portugal. A FPC (Federação Portuguesa de Ciclismo) informou também em comunicado sobre a candidatura das equipas lusas para 2019, destacando-se a possível subida da W52-FC Porto ao escalão Profissional Continental (ProTeam).


Provas pertencentes ao calendário europeu UCI:
20-24/Fev 45ª Volta ao Algarve (2.HC)
17/Mar Clássica da Arrábida (1.2)
20-24/Mar 37ª Volta ao Alentejo (2.2)
12-14/Abr 4º Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela (2.1)
01/Mai Clássica Aldeias do Xisto (1.2)
11-14/Jul Troféu Joaquim Agostinho (2.2)
31/Jul-11/Ago 81ª Volta a Portugal (2.1)
---
(data ?) 2º Grande Prémio Estrada Nacional 2 [possível integração no calendário UCI]


Equipas lusas – candidatura Profissional Continental (ProTeam) para 2019:
- Vintage Pódio (W52-FC Porto)


Equipas lusas – candidatura Continental para 2019:
[em parêntesis a designação de 2018]
- Bike Clube de Portugal (Liberty Seguros-Carglass)
- Boavista CC (RP-Boavista)
- CC Aldeia de Paio Pires (LA Alumínios)
- CC FJP
- CC Tavira (Sporting-Tavira)
- CD Feirense (Vito-Feirense-Blackjack)
- CD Fullracing (Efapel)
- Louletano DC (Aviludo-Louletano-Uli)
- Velo Clube do Centro (Miranda-Mortágua)


(© Helena Dias)

Sem comentários:

Enviar um comentário