Ciclistas portugueses nos rankings mundiais em 2017

Na temporada de 2017, Portugal voltou a demonstrar que tem ciclistas com capacidade e determinação para estar entre a elite mundial do ciclismo e lutar de igual para igual com os mais conceituados ciclistas internacionais. Rui Costa (UAE Team Emirates) e Amaro Antunes (W52-FC Porto) foram os nomes lusos que se impuseram no topo dos rankings mundiais, não apenas na tabela mundial da UCI como também nos sites CQ Ranking e ProCyclingStats, sendo nos três casos o primeiro e segundo lusos dos referidos rankings.

Rui Costa e Amaro Antunes

Com 31 anos de idade, Rui Costa irá permanecer em 2018 no WorldTour com a UAE Team Emirates. No ano de 2017, destacou-se pela vitória de etapa (Jebel Hafeet) e da geral do Abu Dhabi Tour, vitória de etapa (Alto Colorado) na Vuelta a San Juan, 2º no Tour of Oman, 5º no Tour de Suisse, 10º no Tour de Pologne, 14º na Liège-Bastogne-Liège, 18º no Tirreno-Adriático, 19º na prova de fundo do Mundial em Bergen e 27º no Giro d’Italia. Fechou o ano em 37º no PCS Ranking e 42º no CQ Ranking.

Fruto de uma época histórica na sua carreira, Amaro Antunes, de 27 anos, irá trocar em 2018 o azul e branco da W52-FC Porto pelo laranja da polaca Pro Continental CCC Sprandi Polkowice. Entre os melhores resultados obtidos na presente temporada destaca-se a vitória de etapa (Guarda) e 2º na geral da Volta a Portugal, vitória de etapa (Montejunto) e da geral do Troféu Joaquim Agostinho, vitória de etapa (Malhão) e 5º na geral da Volta ao Algarve, vitória da Clássica da Arrábida, 5º na Clássica Aldeias do Xisto e 20º na Volta a la Comunitat Valenciana. Fechou o ano em 194º no PCS Ranking e 195º no CQ Ranking, tendo ganho a nível nacional o Ranking APCP Ciclista do Ano.

Para além destes dois nomes, mais ciclistas portugueses entraram nas contas dos rankings mundiais, assinalando-se nos dez primeiros lugares lusos a presença do campeão nacional de fundo Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo), José Gonçalves (Katusha-Alpecin), Nelson Oliveira (Movistar Team), Ricardo Vilela (Manzana Postobón), João Benta (RP-Boavista), Tiago Machado (Katusha-Alpecin) e Henrique Casimiro (Efapel). A fechar o Top 10 luso no CQ Ranking está António Carvalho (W52-FC Porto), enquanto no PCS Ranking é Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack | em 2018 na Vito-Feirense-BlackJack).

Portugueses no PCS Ranking 2017
(clicar na imagem para aumentar)

Portugueses no CQ Ranking 2017
(clicar na imagem para aumentar)

Sem comentários:

Enviar um comentário