Davide Rebellin: “O objectivo é ganhar uma etapa”

A Kuwait-Cartucho.es é uma das equipas estrangeiras presentes no pelotão da 79ª Volta a Portugal. A esquadra é liderada pelo experiente ciclista italiano Davide Rebellin, que aos 45 anos faz a sua estreia na prova rainha do calendário luso. O Cycling & Thoughts realizou uma curta entrevista em Belém, na apresentação das equipas da 79ª Volta a Portugal Santander Totta.


Davide Rebellin acabou de disputar no passado dia 29 de Julho o Tour of Qinghai Lake, na China, voando directamente para a Volta a Portugal. Esta temporada esteve perto da vitória no Tour de Lombok, onde finalizou no 3º lugar do pódio. Este ano passou também por uma competição em Portugal, o GP Beiras e Serra da Estrela, finalizando em 15º da geral.

Chegado à Volta a Portugal, a experiência de longos anos no ciclismo levam o italiano a olhar esta competição com cautela.

“A Volta a Portugal é uma corrida muito dura, muito difícil. É a primeira vez que estou na Volta e será uma nova experiência, mas até agora estou a gostar. A organização é perfeita e os ciclistas estão todos muito motivados para esta competição.

“Cada dia aqui é difícil, devido às subidas, ao vento. Necessitamos de muita atenção todos os dias.”

“Espero concretizar o objectivo de ganhar uma etapa.”

Ao lado de Davide Rebellin, a equipa Kuwait-Cartucho.es conta para esta Volta a Portugal com a participação de José Manuel Gutiérrez, Bjorn Thurau, Stefan Schumacher, Matt Boys, Awet Andemeskel, Fernando Grijalba e Salah Eddine Mraouni.

Davide Rebellin (© Helena Dias)

Equipa Kuwait-Cartucho.es na 79ª Volta a Portugal (© Helena Dias)

Sem comentários:

Enviar um comentário