TJAgostinho: Andreas Vangstad triunfa no contra-relógio: "Foi muito difícil"

O vice-campeão nacional norueguês de contra-relógio Andreas Vangstad (Team Sparebanker Sor) venceu com uma forte pedalada o prólogo do 40º Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho, vestindo a primeira camisola amarela.




Andreas Vangstad veste a primeira amarela do Troféu Joaquim Agostinho 2017


No ano em que se cumprem 33 anos do falecimento do carismático Joaquim Agostinho, o Troféu abriu a sua 40ª edição com o já tradicional contra-relógio individual na vila do Turcifal, num percurso de 8 km sinuosos e com chegada em piso empedrado.

Andreas Vangstad, de 25 anos, pedalou o esforço individual a 46,228 km/h, alcançando o melhor tempo de 10 minutos e 23 segundos. Esta vitória chega dias depois de conquistar a medalha de prata no Campeonato Nacional de contra-relógio na Noruega, onde apenas foi superado pelo ciclista WorldTour Edvald Boasson Hagen (Dimension Data).

“Foi muito difícil. Para mim, que venho da Noruega, estava muito calor e, por isso, foi difícil devido ao calor. O percurso era bastante técnico em algumas partes e o empedrado também dificultou. Na parte mais fácil consegui estar forte e no final já estava um pouco cansado e perdi alguns segundos, mas penso que foi uma boa performance”, revelou Andreas Vangstad no final do dia ao Cycling & Thoughts.

Sobre a defesa da camisola amarela, Andreas Vangstad disse: “Vamos tentar ao máximo. Estou ansioso pela próxima etapa, que penso será com um final ao sprint e talvez mais fácil para proteger a camisola. Somos apenas 7 corredores e vamos ter de trabalhar bastante nos próximos dias.”

A 8 segundos da vitória ficou o galego Gustavo Veloso (W52-FC Porto) no 2º lugar e a 17 segundos o português Sérgio Paulinho (Efapel) em 3º, exactamente o mesmo lugar alcançado no Nacional de contra-relógio. O vencedor do Troféu em 2017 Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) pedalou o 4º melhor tempo, gastando mais 19 segundos.

Entre os mais jovens, o espanhol Óscar Rodríguez (Euskadi-Murias) terminou em 6º, a 21 segundos, vestindo no final do dia a camisola da juventude. Ao Cycling & Thoughts disse: “Foi um contra-relógio onde sofri muito. No final, o apoio desde o carro animou-me bastante e penso que fiz um muito bom contra-relógio. Manter a camisola é sempre difícil, ninguém o põe fácil, mas penso que é possível mantê-la até ao último dia. O objectivo da Euskadi é sempre vencer as corridas e esta, por ser de categoria mais baixa 2.2, torna-se mais acessível de poder ganhar e vimos com esse objectivo.”

Sobre a potencial subida da equipa Euskadi-Murias ao escalão Profissional Continental em 2018, Óscar Rodríguez acrescenta: “Estamos muito animados. A equipa vai renovar com muita gente e ficamos muito contentes. Agora temos de ver se é um projecto a longo prazo ou se fica por um ano.”

Na classificação da juventude, destacou-se também o campeão nacional sub-23 de contra-relógio José Neves (Liberty Seguros-Carglass) com o 8º tempo, a 25 segundos, e o companheiro de equipa César Martingil em 13º, a 28 segundos.

Amanhã, a primeira etapa liga São Mamede da Ventosa a Arruda dos Vinhos em 140 km.

Resultados Prólogo [resultados completos]
1º Andreas Vangstad (Nor) Team Sparebanker Sor 0:10:23
2º Gustavo Veloso (Esp) W52-FC Porto +8s
3º Sérgio Paulinho (Por) Efapel +17s
4º Rinaldo Nocentini (Ita) Sporting-Tavira +19s
5º Daniel Mestre (Por) Efapel +20s
6º Óscar Rodríguez (Esp) Euskadi-Murias +21s
7º Samuel Caldeira (Por) W52-FC Porto +22s
8º José Neves (Por) Liberty Seguros-Carglass +25s
9º Jesús Ezquerra (Esp) Sporting-Tavira +25s
10º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto +26s

Classificação Geral
1º Andreas Vangstad (Nor) Team Sparebanker Sor 0:10:23
2º Gustavo Veloso (Esp) W52-FC Porto +8s
3º Sérgio Paulinho (Por) Efapel +17s
4º Rinaldo Nocentini (Ita) Sporting-Tavira +19s
5º Daniel Mestre (Por) Efapel +20s
6º Óscar Rodríguez (Esp) Euskadi-Murias +21s
7º Samuel Caldeira (Por) W52-FC Porto +22s
8º José Neves (Por) Liberty Seguros-Carglass +25s
9º Jesús Ezquerra (Esp) Sporting-Tavira +25s
10º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto +26s

Sem comentários:

Enviar um comentário