VPFuturo: José Neves triunfa e veste amarela no alto de S. Macário

O campeão nacional sub-23 de contra-relógio José Neves (Liberty Seguros-Carglass) conquistou isolado na meta a etapa rainha da Volta a Portugal do Futuro e assumiu a liderança da camisola amarela.

Depois de obter, pela segunda vez na sua carreira, o título nacional em contra-relógio, o ciclista de 21 anos José Neves triunfou esta sexta-feira na duríssima chegada de S. Macário, com uma confortável vantagem de cerca de 3 minutos para Txomin Juaristi (Cafés Baqué) e para o companheiro de equipa Gaspar Gonçalves, que se seguiram na linha de meta. Esta é a sua segunda vitória da temporada e a quarta da esquadra lusa Liberty Seguros-Carglass, vencedora da Volta às Terras de Santa Maria com Gaspar Gonçalves.


Na segunda etapa da Volta a Portugal do Futuro, o pelotão percorreu 150,9 km entre a estreante partida de Arganil e a chegada em alto de S. Macário, em São Pedro do Sul. As dificuldades montanhosas surgiram logo ao km 19,3 com uma 4ª categoria, seguida da Serra do Buçaco (3ª cat.) ao km 60, mais uma 3ª categoria ao km 82,7 e a ascensão final de categoria especial de S. Macário.

Uma primeira fuga de oito corredores tentou a sorte com 30 km percorridos, mas sem êxito. Mais tarde, foi a vez de um grupo de nove ciclistas sair do pelotão. A fuga composta por César Martingil e Rafael Lourenço (Liberty Seguros-Carglass), o campeão nacional sub-23 Francisco Campos e Fábio Mansilhas (Miranda-Mortágua), Gonçalo Santos (Moreira Congelados-Feira-Bicicletas Andrade), Marcelo Salvador (Sicasal-Constantinos-Delta Cafés), Axel Narbonne (Delko Marseille), Jesus Arozamena e Cristian Mota (Aldro Team) conseguiu uma vantagem de perto de 3 minutos, vantagem que desapareceu a 23 km do final.

Chegados à decisiva subida de 8,9 km, até à meta instalada no alto de S. Macário, a exigência da escalada provocou estragos no pelotão logo às primeiras rampas, ficando um grupo restrito na frente, com José Neves a encabeçar a corrida e a levar consigo a vitória da etapa rainha.

Com esta vitória, José Neves subiu à liderança da camisola amarela e da classificação por pontos. Nas demais classificações, Floryan Arnault (Delko Marseille) manteve o comando da montanha e a Liberty Seguros-Carglass assumiu o comando por equipas. A camisola da juventude é comandada por Roger Adria (Lizarte).

Amanhã, a terceira etapa liga Tondela ao Sabugal em 156,6 km.
 
José Neves triunfa no alto de S. Macário (© Volta a Portugal do Futuro)

Resultados Etapa 2 [resultados completos]
1º José Neves (Liberty Seguros-Carglass) 4:18:25
2º Txomin Juaristi (Cafés Baqué) +2:40s
3º Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros-Carglass) +2:51s
4º Floryan Arnault (Delko Marseille) +2:56s
5º Ivan Moreno (Lizarte) +3:02s
6º Ibaí Azurmendi (Fundación Euskadi) +3:07s
7º Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) +3:15s
8º Roger Adria (Lizarte) +3:19s
9º Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) +3:26s
10º João Fernandes (Maia) +3:28s

Classificação Geral
1º José Neves (Liberty Seguros-Carglass) 8:17:58
2º Txomin Juaristi (Cafés Baqué) +2:46s
3º Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros-Carglass) +2:51s
4º Ivan Moreno (Lizarte) +3:02s
5º Floryan Arnault (Delko Marseille) +3:02s
6º Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) +3:15s
7º Roger Adria (Lizarte) +3:19s
8º João Fernandes (Maia) +3:28s
9º Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) +3:32s
10º Tiago Antunes (Sicasal-Constantinos-Delta Cafés) +3:42s
______
Ver também:

Sem comentários:

Enviar um comentário