GP Beiras: Jesús del Pino conquista amarela, Alarcón vence em Manteigas

A Efapel venceu pelo segundo ano consecutivo o Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela. O espanhol Jesús del Pino conquistou hoje a camisola amarela, a sua primeira vitória da temporada. Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu na chegada a Manteigas. Completaram o pódio da geral o russo Alexander Evtushenko (Lokosphinx), a 58 segundos, e o espanhol Beñat Txoperena (Euskadi-Murias), a 1 minuto e 11 segundos.


O 2º Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela chegou ao fim com a etapa rainha de 163 km, com partida em Belmonte e chegada a Manteigas. Na terceira e última etapa foram superadas a 3ª categoria do Alto de Famalicão (km 45,2), a 2ª categoria de Videmonte (km 58,7) e a mítica 1ª categoria do Alto da Torre (km 138,3), a 24,7 km da chegada também em alto de 3ª categoria.

O camisola amarela Alexander Evtushenko (Lokosphinx) partiu com uma curta vantagem de 8 segundos para Ricardo Mestre (W52-FC Porto), 10 segundos para Jesús del Pino (Efapel) e 13 segundos para Beñat Txoperena (Euskadi-Murias), encontrando-se o restante pelotão a mais de 3 minutos.

A fuga do dia formou-se aos primeiros quilómetros com o fugitivo de ontem Rui Sousa e Daniel Sánchez (RP-Boavista), Pedro Paulinho (Louletano-Hospital de Loulé), Hugo Sancho (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack), Carlos Jiménez (Burgos BH) e Eneko Lizarralde (Euskadi-Murias). No pelotão foi a Efapel quem tomou o comando da perseguição, unindo esforços posteriormente com a esquadra Sporting-Tavira.

Rui Sousa coroou os dois primeiros altos do dia, que antecederam a subida à Torre, tendo a fuga pouco mais de 1 minuto nos primeiros metros da escalada ao ponto mais alto de Portugal Continental, a 2000m de altitude. Na ascensão de 28 km à Torre, pela variante de Seia, Rui Sousa foi o primeiro a desferir um ataque às primeiras rampas, ciclista que conheceu o sabor da vitória no alto da Serra da Estrela em duas etapas da Volta a Portugal (2008 e 2014).

Com a luta pela geral em aberto, o pelotão depressa desfez a escassa vantagem, terminando com a fuga a 23 km do alto da Torre. A W52-FC Porto tomou então o comando da corrida e foi com Raúl Alarcón que se isolou na frente, coroando o alto com 2 minutos de vantagem para o grupo perseguidor composto pelo companheiro de equipa Amaro Antunes, o conterrâneo Sergio Pardilla (Caja Rural-Seguros RGA), João Benta (RP-Boavista), Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), o líder da juventude Dmitrii Strakhov (Lokosphinx), Henrique Casimiro e o 2º na geral Jesús del Pino (Efapel), que conseguiu chegar ao grupo.

A descida para Manteigas em direcção à meta, instalada na 3ª categoria, marcou os restantes 25 km de etapa, com Alarcón a manter-se isolado na frente e a cruzar a linha para a vitória da derradeira etapa, o 7º triunfo individual e 12º da temporada para a W52-FC Porto.

Seguiram-se na meta João Benta e Jesús del Pino, que assim conquistou a amarela da 27ª edição do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela. A equipa Efapel repetiu assim o triunfo alcançado em 2016 com Joni Brandão, na 1ª edição do Grande Prémio, somando três vitórias na presente temporada.

Nas classificações secundárias, Rui Sousa (RP-Boavista) venceu a camisola da montanha, Sérgio Paulinho (Efapel) as metas volantes, Dmitrii Strakhov (Lokosphinx) a juventude e a W52-FC Porto impôs-se por equipas.
 
Jesús del Pino conquista GP Beiras (© Rubén Peréz)

Resultados Et3 [resultados completos]
1º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto 4:46:00 [34,196 km/h]
2º João Benta (Por) RP-Boavista +1:24s
3º Dmitrii Strakhov (Rus) Lokosphinx +1:24s
4º Sergio Pardilla (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +1:24s
5º Amaro Antunes (Por) W52-FC Porto +1:24s
6º Frederico Figueiredo (Por) Sporting-Tavira +1m28s
7º Jesús del Pino (Esp) Efapel +1m29s
8º Henrique Casimiro (Por) Efapel +1m45s
9º David da la Fuente (Esp) Louletano-Hospital de Loulé +2m34s
10º Rui Vinhas (Por) W52-FC Porto +2:34s

Classificação Geral Final
1º Jesús del Pino (Esp) Efapel 15:11:03
2º Alexander Evtushenko (Rus) Lokosphinx +58s
3º Beñat Txoperena (Esp) Euskadi-Murias +1:11s
4º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto +2:00s
5º Ricardo Mestre (Por) W52-FC Porto +2:15s
6º João Benta (Por) RP-Boavista +3:28s
7º Dmitrii Strakhov (Rus) Lokosphinx +3:30s
8º Amaro Antunes (Por) W52-FC Porto +3:34s
9º Sergio Pardilla (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +3:34s
10º Frederico Figueiredo (Por) Sporting-Tavira +3:38s

______
Ver também:

Sem comentários:

Enviar um comentário