GP Beiras: Alexander Evtushenko foge para a vitória

A fuga teve êxito no primeiro dia do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela com o russo Alexander Evtushenko (Lokosphinx) a triunfar em Celorico da Beira e a vestir a primeira camisola amarela desta 2ª edição. Completaram o pódio os companheiros de fuga Jesús del Pino (Efapel) e Ricardo Mestre (W52-FC Porto).


A etapa inaugural reuniu um pelotão de 123 corredores de 16 equipas mais a Selecção Nacional. A jornada mais longa da 2ª edição do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela partiu de Penamacor para os primeiros 199 km com chegada a Celorico da Beira, contendo como dificuldades as passagens pelas 3ªs categorias de Castelo Novo (km 44,1), Alpedrinha (km 55,5) e Guarda (km 170,4).

O dia ficou marcado por uma queda logo após a primeira meta volante (km 28,6), que dividiu o pelotão em dois grupos, e numerosas tentativas de fuga, sendo a mais consistente protagonizada por Jesús del Pino (Efapel), Ricardo Mestre (W52-FC Porto), Alexander Evtushenko (Lokosphinx) e Beñat Txoperena (Euskadi-Murias).

Este quarteto tomou a frente da corrida já com 100 km superados e foi ganhando uma confortável vantagem acima dos 4 minutos, tendo apenas a LA Alumínios-Metalusa-BlackJack no comando do pelotão, sem mais qualquer ajuda para tentar anular a fuga.

Os quatro aventureiros entenderam-se na perfeição, levando a fuga à discussão da etapa. Nos metros finais em empedrado, Alexander Evtushenko foi mais forte e agarrou a vitória da etapa, cruzando a meta a 5 segundos dos companheiros de fuga e a 3 minutos e 38 segundos do pelotão.

Para além desta vitória, Evtushenko soma esta temporada a etapa ganha em Santibañez de la Peña, na Vuelta a Castilla y Léon. Este jovem corredor destacou-se como campeão nacional sub-23 de contra-relógio entre 2013 e 2015

Evtushenko lidera assim a geral com 8 segundos de vantagem para Ricardo Mestre, que bonificou em duas metas volantes, 10 segundos para Jesús del Pino, 13 segundos para Txoperena e mais de 3 minutos para o restante pelotão.

Nas classificações secundárias, Ricardo Mestre lidera nas metas volantes, Omar Mendoza (Equipo Bolivia) na montanha, Dmitrii Strakhov (Lokosphinx) na juventude e a Lokosphinx por equipas.

Amanhã, a segunda etapa irá ligar Fornos de Algodres a Trancoso num total de 192 km.

Alexander Evtushenko na vitória de etapa na Vuelta a Castilla y León (© Vuelta a Castilla y León)

Resultados Et1 [resultados completos]
1º Alexander Evtushenko (Rus) Lokosphinx 5:14:03
2º Jesús del Pino (Esp) Efapel +5s
3º Ricardo Mestre (Por) W52-FC Porto +5s
4º Beñat Txoperena (Por) Euskadi-Murias +5s
5º Nikodemus Holler (Ger) Bike Aid +2:56s
6º Marcos Jurado (Esp) Burgos BH +3:38s
7º Samuel Blanco (Esp) LA Alumínios-Metalusa-BlackJack +3:38s
8º Daniel Mestre (Por) Efapel +3:38s
9º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto +3:38s
10º Vicente de Mateos (Esp) Louletano-Hospital de Loulé +3:38s

Classificação Geral
1º Alexander Evtushenko (Rus) Lokosphinx 5:13:52
2º Ricardo Mestre (Por) W52-FC Porto +8s
3º Jesús del Pino (Esp) Efapel +10s
4º Beñat Txoperena (Esp) Euskadi-Murias +13s
5º Nikodemus Holler (Ger) Bike Aid +3:07s
6º David de la Fuente (Esp) Louletano-Hospital de Loulé +3:46s
7º Sérgio Paulinho (Por) Efapel +3:46s
8º Bruno Silva (Por) Efapel +3:47s
9º David Rodrigues (Por) RP-Boavista +3:48s
10º Marcos Jurado (Esp) Burgos BH +3:49s

Sem comentários:

Enviar um comentário