GP Abimota: Vicente De Mateos conquista amarela, Fábio Silvestre vence última etapa

Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) conquistou de forma categórica a 38ª edição do Grande Prémio Abimota. O ciclista espanhol de 28 anos assumiu a liderança da camisola amarela desde a vitória da etapa inaugural, defendendo a vantagem de mais de um minuto até ao último quilómetro. Fábio Silvestre (Sporting-Tavira) conquistou a primeira vitória da temporada ao vencer a derradeira jornada ao sprint.

À partida para a última etapa, o pelotão do Grande Prémio Abimota uniu-se na dor dos familiares e amigos das vítimas mortais [confirmadas 61 até ao momento] e de todos os afectados pelo nefasto incêndio que ainda devasta Pedrógão Grande, no distrito de Leiria. O minuto de silêncio feito pelos heróis do pelotão foi precedido por inúmeras mensagens de apoio deixadas por muitos dos ciclistas, portugueses e estrangeiros, nas suas redes sociais. O Estado Português decretou três dias de luto nacional.


Neste quarto dia de prova de uma edição marcada pelas temperaturas muito elevadas, o pelotão percorreu 176,4 km entre Gouveia e Águeda, com um único prémio de montanha de 3ª categoria em Espinheira (km 132,8) a ser coroado por Guillaume de Almeida (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack), que assim garantiu a conquista da camisola da montanha.

A última meta do Grande Prémio Abimota foi disputada ao sprint, com Fábio Silvestre a impor-se na linha em Águeda diante do vencedor da etapa anterior César Fonte (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack) e Luís Mendonça, companheiro de Vicente de Mateos, que terminou o dia em 5º na meta.

Depois de vencer a primeira jornada e finalizar as demais etapas no Top 10, Vicente de Mateos tornou-se no grande vencedor do Grande Prémio Abimota, sucedendo a Filipe Cardoso (RP-Boavista) no palmarés da histórica competição portuguesa. Este é o quarto triunfo da temporada para a equipa Louletano-Hospital de Loulé e também para De Mateos, vencedor da Clássica Aldeias do Xisto e do Troféu Liberty Seguros.

“Sempre acreditei que podia vencer, depois da vantagem alcançada em Belmonte. Sinto-me muito bem e confiando nas minhas capacidades e nas da equipa sabia que não podia falhar. Agora vou desfrutar deste triunfo com os meus companheiros e, naturalmente, já estou a pensar na Volta a Portugal, que é o grande objectivo da temporada”, declarou Vicente de Mateos após a conquista do Grande Prémio Abimota.

Nas contas finais da geral, o vencedor de duas edições anteriores Filipe Cardoso fechou no 2º lugar e César Fonte no 3º lugar do pódio. Destaque ainda para o 4º lugar de João Rodrigues (W52-FC Porto), de 22 anos, que tem vindo em crescendo na equipa azul e branca desde a temporada passada, após os anos anteriores vividos na equipa de Tavira.

Nas demais classificações, De Mateos venceu ainda a camisola dos pontos, Guillaume de Almeida a montanha, o vencedor da segunda etapa Ángel Sánchez (W52-FC Porto) venceu as metas volantes e o companheiro de equipa Joaquim Silva a meta autarquias. Por equipas, o triunfo coube à Efapel, seguida da W52-FC Porto e RP-Boavista.

Entre os mais jovens, Fábio Mansilhas (Miranda-Mortágua) foi o melhor sub-23 da última jornada ao cruzar a meta em 7º, sendo o companheiro de equipa Hugo Nunes o vencedor da camisola de melhor corredor de equipa de clube e da camisola da juventude, seguido de Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros-Carglass) e Paulo Silva (Sicasal-Constantinos-Delta Cafés).

"Estou muito contente com esta vitoria, dá-me uma motivação extra para os objectivos que se avizinham a nível pessoal e colectivo! E ainda estou mais contente pela equipa que tenho ao meu lado, eu praticamente só preciso de 'pedalar'. Esta conquista deve-se a eles como também o bom momento que atravesso", afirmou o jovem Hugo Nunes.

Vicente de Mateos conquista GP Abimota (© João Fonseca)

Resultados Et4 [resultados completos]
1º Fábio Silvestre (Por) Sporting-Tavira 4:12:20 [41,945 km/h]
2º César Fonte (Por) LA Alumínios-Metalusa-BlackJack mt
3º Luís Mendonça (Por) Louletano-Hospital de Loulé mt
4º Daniel Freitas (Por) W52-FC Porto mt
5º Vicente de Mateos (Esp) Louletano-Hospital de Loulé mt
6º João Rodrigues (Por) W52-FC Porto mt
7º Fábio Mansilhas (Por) Miranda-Mortágua mt
8º Rafael Silva (Por) Efapel mt
9º Hugo Nunes (Por) Miranda-Mortágua mt
10º Francisco Campos (Por) Miranda-Mortágua mt

Classificação Geral Final
1º Vicente Mateos (Esp) Louletano-Hospital de Loulé 15:37:29
2º Filipe Cardoso (Por) RP-Boavista +1:18s
3º César Fonte (Por) LA Alumínios-Metalusa-Blackjack +1:21s
4º João Rodrigues (Por) W52-FC Porto +1:26s
5º Jesús del Pino (Esp) Efapel +1:39s
6º Frederico Figueiredo (Por) Sporting-Tavira +1:46s
7º Hugo Nunes (Por) Miranda-Mortágua +2:41s
8º Gaspar Gonçalves (Por) Liberty Seguros-Carglass +2:41s
9º Hugo Sancho (Por) LA Alumínios-Metalusa-BlackJack +3:17s
10º Rafael Silva (Por) Efapel +4:36s
______
Ver também:

Sem comentários:

Enviar um comentário