VPFuturo: José Neves triunfa e veste amarela no alto de S. Macário

O campeão nacional sub-23 de contra-relógio José Neves (Liberty Seguros-Carglass) conquistou isolado na meta a etapa rainha da Volta a Portugal do Futuro e assumiu a liderança da camisola amarela.

Depois de obter, pela segunda vez na sua carreira, o título nacional em contra-relógio, o ciclista de 21 anos José Neves triunfou esta sexta-feira na duríssima chegada de S. Macário, com uma confortável vantagem de cerca de 3 minutos para Txomin Juaristi (Cafés Baqué) e para o companheiro de equipa Gaspar Gonçalves, que se seguiram na linha de meta. Esta é a sua segunda vitória da temporada e a quarta da esquadra lusa Liberty Seguros-Carglass, vencedora da Volta às Terras de Santa Maria com Gaspar Gonçalves.

Pelotão luso em destaque na primeira parte da temporada

Chegados ao meio da temporada de 2017, todas as equipas continentais portuguesas alcançaram vitórias nos primeiros seis meses do ano e as equipas de clube sub-23 conseguiram sobressair nas provas nacionais e internacionais. Dando continuidade aos artigos publicados até ao momento, o Cycling & Thoughts recorda os principais momentos protagonizados pelos heróis do pelotão no mês de Junho.

VPFuturo: Cyril Barthe veste a primeira amarela

Cyril Barthe é o primeiro camisola amarela da 25ª Volta a Portugal do Futuro. O ciclista da Fundación Euskadi impôs-se ao sprint em Oliveira do Hospital, completando o pódio o campeão nacional de fundo sub-23 Francisco Campos (Miranda-Mortágua) e o 4º classificado no nacional Paulo Silva (Sicasal-Constantinos-Delta Cafés).

Amaro Antunes no comando do Ranking APCP em Junho

Amaro Antunes (W52-FC Porto) manteve pelo segundo mês consecutivo o comando do Ranking APCP Ciclista do Ano no mês de Junho, totalizando 563 pontos. O ciclista da esquadra portista esteve em destaque no Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, uma das provas pontuáveis da tabela nacional onde terminou em 8º da geral. Ao 2º lugar subiu o espanhol Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) com 462 pontos, vencedor este mês do Grande Prémio Abimota. O italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) desceu ao 3º lugar, com os mesmos 448 pontos do mês transacto.

Aldro Team e Aldro Energía no ciclismo e mercado português

A equipa de formação espanhola Aldro Team estreia-se nas estradas portuguesas na mais importante prova do calendário nacional sub-23, a Volta a Portugal do Futuro, entre os dias 29 de Junho e 2 de Julho. A estreia da equipa em território luso coincide com os objectivos comerciais da Aldro Energía, empresa de gás e electricidade, que inicia esta semana em Portugal a sua actividade comercial.

79ª Volta a Portugal: Percurso e Equipas

No 90º aniversário da prova rainha do calendário nacional, a Volta a Portugal Santander Totta realiza a sua 79ª edição entre os dias 4 e 15 de Agosto. Um total de 1.626,7 km vão ser pedalados por 20 equipas, distribuídos pelo prólogo e dez etapas. Lisboa é o local de partida e Viseu recebe as últimas pedaladas num contra-relógio decisivo, que irá ditar o sucessor do ciclista português Rui Vinhas (W52-FC Porto), vencedor da Volta em 2016 e vice-campeão nacional de fundo em 2017.

Rúben Guerreiro campeão nacional de fundo

Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo) repetiu o triunfo alcançado no escalão sub-23 em 2016 e em júnior em 2012, sagrando-se este domingo campeão nacional de fundo em elite. O ciclista de 22 anos venceu no selectivo circuito de Gondomar, ficando o vencedor da Volta a Portugal 2016 Rui Vinhas (W52-FC Porto) com a medalha de prata e o bronze para Ricardo Vilela (Manzana Postobón).

Francisco Campos campeão nacional de fundo sub-23

Francisco Campos (Miranda-Mortágua) é o novo campeão nacional de fundo no escalão sub-23. O jovem ciclista de 19 anos foi o mais forte no exigente circuito de Gondomar, deixando a medalha de prata nas mãos do internacional André Carvalho (Cipollini-Iseo Serrature Rime) e a medalha de bronze para David Ribeiro (Liberty Seguros-Carglass).

40º Troféu Joaquim Agostinho de 5 a 9 de Julho

No ano em que se cumprem 33 anos do falecimento do carismático Joaquim Agostinho, o Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho celebra a 40ª edição entre os dias 5 e 9 de Julho e com um acréscimo de jornadas, num total de 654 km divididos entre o prólogo e quatro etapas, a penúltima das quais dividida por dois sectores.

Domingos Gonçalves campeão nacional de crono

Domingos Gonçalves (RP-Boavista), de 28 anos, sagrou-se esta sexta-feira campeão nacional elite de contra-relógio, igualando o feito do seu irmão gémeo José Gonçalves (Katusha-Alpecin) no ano de 2012. No percurso de 33,9 km em Santa Maria da Feira, Domingos Gonçalves foi o ciclista mais rápido em todos os pontos de cronometragem, completando o esforço individual em 42 minutos e 19 segundos, a 48,066 km/h.

José Neves campeão nacional sub-23 de crono

José Neves (Liberty Seguros-Carglass) sagrou-se esta sexta-feira campeão nacional sub-23 de contra-relógio, repetindo o título alcançado em 2015. No percurso de 22,6 km em Santa Maria da Feira, José Neves foi o ciclista mais rápido ao completar o esforço individual em 28 minutos e 1 segundo, a 48,400 km/h.

25ª Volta a Portugal do Futuro promete emoção

A Volta a Portugal do Futuro realiza a sua 25ª edição já nos próximos dias 29 de Junho a 2 de Julho. Os 595,8 km, divididos por 4 etapas, serão o cenário de uma Volta que promete ser bem renhida entre as 12 equipas na estrada.

“A participação exclusiva de equipas com corredores que aspiram chegar à Elite do ciclismo pode proporcionar autênticas reviravoltas classificativas até à meta, em Alcains. Acredito que estejam garantidas as condições para um excelente espectáculo desportivo, assim o empenho e a irreverência do jovem pelotão o permita”, disse Joaquim Gomes, director da prova e vencedor da 1ª edição em 1993.

Campeonatos Nacionais de Estrada Lusos: tudo o que precisa saber

Os Campeonatos Nacionais de Estrada Lusos, nos diversos escalões masculinos e femininos, começam no final de Junho e terminam no princípio de Julho. Apresentamos em seguida os locais e horários onde os heróis das duas rodas irão disputar os títulos nacionais desde Elites e Sub-23, Cadetes e Juniores, as Femininas, Masters e Elites Amadores, terminando com os Paraciclistas.

GP Abimota: Vicente De Mateos conquista amarela, Fábio Silvestre vence última etapa

Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) conquistou de forma categórica a 38ª edição do Grande Prémio Abimota. O ciclista espanhol de 28 anos assumiu a liderança da camisola amarela desde a vitória da etapa inaugural, defendendo a vantagem de mais de um minuto até ao último quilómetro. Fábio Silvestre (Sporting-Tavira) conquistou a primeira vitória da temporada ao vencer a derradeira jornada ao sprint.

À partida para a última etapa, o pelotão do Grande Prémio Abimota uniu-se na dor dos familiares e amigos das vítimas mortais [confirmadas 61 até ao momento] e de todos os afectados pelo nefasto incêndio que ainda devasta Pedrógão Grande, no distrito de Leiria. O minuto de silêncio feito pelos heróis do pelotão foi precedido por inúmeras mensagens de apoio deixadas por muitos dos ciclistas, portugueses e estrangeiros, nas suas redes sociais. O Estado Português decretou três dias de luto nacional.

José Gonçalves conquista Ster ZLM Toer

Em ano de estreia no WorldTour, o ciclista português de 28 anos José Gonçalves (Katusha-Alpecin) sagrou-se este domingo o grande vencedor do Ster ZLM Toer, competição holandesa de cinco etapas.

José Gonçalves vence etapa rainha e lidera Ster ZLM Toer: "Feliz por escrever o meu nome nesta etapa"

O ciclista luso José Gonçalves (Katusha-Alpecin) venceu este sábado a etapa rainha do Ster ZLM Toer e subiu à liderança da geral, destronando Primoz Roglic para o segundo lugar, tendo oito segundos de vantagem sobre o ciclista esloveno vencedor da Volta ao Algarve 2017.

“Estou em boa forma e a equipa está muito forte, por isso, fui também pela camisola amarela. Estou muito feliz por termos conseguido conquistá-la e também por escrever o meu nome nesta etapa. Eu sabia que era possível e é muito bom consegui-lo”, declarou José Gonçalves após a vitória.

GP Abimota: César Fonte impera em Manteigas, De Mateos mantém amarela

O Imperador do pelotão luso César Fonte (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack) venceu a terceira etapa do Grande Prémio Abimota. Na chegada a Manteigas, o camisola amarela Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) manteve o comando da geral ao ser segundo na meta.

GP Abimota: Ángel Sánchez vence etapa, De Mateos mantém amarela

O espanhol Ángel Sánchez (W52-FC Porto) alcançou a primeira vitória da temporada na segunda etapa do Grande Prémio Abimota. O camisola amarela Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) foi 8º na chegada ao Sabugal, mantendo o comando da geral.

GP Abimota: Vicente de Mateos veste 1ª amarela em Belmonte

Vicente de Mateos é o primeiro camisola amarela da 38ª edição do Grande Prémio Abimota. O espanhol da equipa Louletano-Hospital de Loulé venceu a etapa inaugural com uma vantagem de mais de um minuto para o vencedor da edição anterior Filipe Cardoso (RP-Boavista) e Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), segundo e terceiro na meta em Belmonte.

O legado de talentos da Volta a Portugal

A Volta a Portugal é a rainha das corridas lusitanas e um ponto importante de afirmação de diversos ciclistas, que pedalam ao mais alto nível no pelotão internacional. Para além de Portugal, países como a República Checa, Alemanha, Austrália, Bélgica, Itália, França, Espanha, Cazaquistão e África do Sul viram brilhar na Grandíssima alguns dos seus conceituados corredores, quer em vitórias por etapas, quer na promissora classificação da juventude, desde os ciclistas mais experientes até às jovens promessas da modalidade. Neste artigo, repassamos alguns dos nomes que marcaram a história da Volta nos últimos anos e continuam em evidência no plano internacional.

GP Beiras: Jesús del Pino conquista amarela, Alarcón vence em Manteigas

A Efapel venceu pelo segundo ano consecutivo o Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela. O espanhol Jesús del Pino conquistou hoje a camisola amarela, a sua primeira vitória da temporada. Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu na chegada a Manteigas. Completaram o pódio da geral o russo Alexander Evtushenko (Lokosphinx), a 58 segundos, e o espanhol Beñat Txoperena (Euskadi-Murias), a 1 minuto e 11 segundos.

GP Beiras: Omar Mendoza alcança 1ª vitória para equipa Bolivia

O colombiano Omar Mendoza (Equipo Bolivia), de 27 anos, conquistou a primeira vitória da temporada na chegada a Trancoso, na segunda etapa do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela. Alexander Evtushenko (Lokosphinx) manteve o comando da geral.

GP Beiras: Alexander Evtushenko foge para a vitória

A fuga teve êxito no primeiro dia do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela com o russo Alexander Evtushenko (Lokosphinx) a triunfar em Celorico da Beira e a vestir a primeira camisola amarela desta 2ª edição. Completaram o pódio os companheiros de fuga Jesús del Pino (Efapel) e Ricardo Mestre (W52-FC Porto).

Samuel Caldeira declarado vencedor da Taça de Portugal

A Federação Portuguesa de Ciclismo declarou Samuel Caldeira (W52-FC Porto) como vencedor da Taça de Portugal Elite e Xuban Errazkin (RP-Boavista) vencedor do troféu em Sub-23.

A Taça de Portugal Elite/Sub-23 foi composta por três competições: Volta à Bairrada, Grande Prémio Mortágua e Grande Prémio do Dão. Esta última prova realizou-se a 13 e 14 de Maio, sendo a segunda etapa anulada, em consequência de problemas de segurança decorrentes da transição da responsabilidade de policiamento da GNR para a PSP, deixando as contas finais da Taça em suspenso.