Amaro Antunes: “Nem sempre é possível ganhar, mas estive sempre na discussão das provas”

Amaro Antunes (LA Alumínios-Antarte) iniciou o ano com um brilhante 10º lugar na Volta ao Algarve. Entre os ‘tubarões’ do WorldTour, deixou bem clara a razão pela qual o apelidamos de pérola do pelotão nacional. Dono de um brilhante arranque de temporada, abriu o Ranking APCP 2016 na liderança da tabela Ciclista do Ano no mês de Fevereiro.

Retrato de Venceslau Fernandes: “Gostava de ser o segundo Venceslau Fernandes a vencer a Volta a Portugal”

Tem apenas 20 anos, mas leva consigo um nome carregado de simbolismo. Filho de Venceslau Fernandes, vencedor da Volta a Portugal de 1984, o jovem Venceslau Fernandes [24/01/1996] sagrou-se este ano rei trepador da duríssima Clásica de Pascua, em Espanha. Esta importante camisola marcou um dos muitos momentos de uma temporada brilhante na sua evolução enquanto ciclista, neste que foi o segundo ano vivido no seio da equipa Moreira Congelados-Feira-Bicicletas Andrade.

Retrato de João Letras: “O meu objectivo é dedicar-me a 100% ao ciclismo”

João Letras [31/08/1991] completou o segundo ano com as cores da equipa sediada na terra do saudoso Joaquim Agostinho, a Sicasal-Constantinos-Udo de Torres Vedras. Contudo, este jovem corredor de 25 anos chegou do sul do país, mais precisamente de Cuba, no doce Alentejo, terra natal onde se apaixonou desde muito cedo pelo ciclismo.

Tiago Antunes conquista GP Gondomar

Tiago Antunes alcançou para a Sicasal-Constantinos-Udo a primeira grande vitória da temporada, conquistando o Grande Prémio de Gondomar, após a vitória do contra-relógio. Gonçalo Carvalho (Anicolor) triunfou na etapa em linha e finalizou em 3º da geral, precedido pelo companheiro Jorge Magalhães.

Fábio Mansilhas conquista Volta dos Campeões

Fábio Mansilhas (Anicolor) sagrou-se no grande vencedor da Volta dos Campeões, alcançando o feito de cruzar em primeiro a linha de meta das duas etapas em jogo. Tiago Antunes (Sicasal-Constantinos-Udo) e Hugo Nunes (Anicolor) completaram o pódio da geral.

Paulo Silva em entrevista: concretizar um sonho ou voltar para onde já foi feliz

Acompanhamos o percurso de Paulo Silva [14/05/1995] há alguns anos, testemunhando o seu crescimento e valorização enquanto ciclista em formação. Nos anos transactos, destacou-se em 2014 no 2º lugar da Taça de Portugal Sub-20, repetindo esse resultado em 2015 na Taça de Sub-23. Em 2016, o jovem corredor estreou-se pela equipa Anicolor e manteve a regularidade que lhe é característica, embora não tenha terminado no pódio da Taça de Sub-23, finalizando em 7º da geral.