Vitória de Rafael Silva em Alcobaça com dedicatória especial

Rafael Silva (Efapel) brilhou em Alcobaça com um sprint vitorioso no Circuito de S. Bernardo, superando na linha de meta Bruno Sancho (Anicolor) e João Letras (Sicasal-Constantinos-Udo).

Após a cerimónia do pódio, Rafael Silva descreveu ao Cycling & Thoughts o seu estado de alma com esta vitória de dedicatória especial: “Já andava à procura desta vitória há um ano para dedicar ao meu pai. Bati bastantes vezes na trave… Segundos, terceiros, quartos, quintos e, se calhar, até já tinha desistido um pouco este ano de tentar triunfar. Quando menos esperei, consegui ganhar e a primeira coisa que fiz foi dedicar ao meu pai. Sinto-me bastante realizado por lhe ter dado esta vitória.”

Na 25ª edição do Circuito de S. Bernardo, em Alcobaça, esteve presente um pelotão de 105 corredores pronto para oferecer o espectáculo do ciclismo a uma terra que sente e vibra com a modalidade há muitos anos. Também presente, o primeiro vencedor do circuito de 1990 Fernando Carvalho, vencedor da Volta a Portugal desse mesmo ano pela equipa Ruquita/Feirense.

As 25 voltas de 3 km foram pedaladas a um elevado ritmo de 42,22 km/h, tendo a W52-FC Porto tomado o comando da corrida na quase totalidade dos 75 km de prova. Num género de reavivar a batalha pela Volta a Portugal, a equipa vencedora da Volta juntamente com a Efapel ocuparam os lugares dianteiros do pelotão, agarrando os prémios em jogo.

O galego Gustavo Veloso (W52-FC Porto) comandou o grande grupo ao longo de 13 voltas, vencendo a classificação de maior número de voltas na frente e também da volta mais rápida. O companheiro Rafael Reis, 4º na meta, venceu o Troféu Timóteo Matos, em homenagem ao Presidente honorário do Alcobaça Clube de Ciclismo.

Apesar desta forte determinação na frente do pelotão, nos derradeiros metros foi a Efapel quem se revelou mais forte através da vontade inabalável de Rafael Silva agarrar este triunfo, erguendo os braços para o céu e dedicando este importante momento ao seu pai.

Rafael Silva somou ainda a classificação da montanha. Entre os mais jovens, André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass) foi o mais forte sub-23 na meta, seguido do companheiro André Crispim e de André Ramalho (GoldWin-Team José Maria Nicolau).

Por equipas, a W52-FC Porto imperou no colectivo, seguida da equipa de clube Liberty Seguros-Carglass e da LA Alumínios-Antarte.

Amanhã, o pelotão continua a época dos circuitos rumando à Malveira, em Mafra, para disputar a prova de estrada e também de pista.

ÁLBUM COMPLETO, AQUI

Rafael Silva triunfa em Alcobaça
(foto Helena Dias)
Pelotão serpenteia o asfalto em Alcobaça
(foto Helena Dias)
W52-FC Porto no incessante comando do pelotão
(foto Helena Dias)
Pódio Sub-23: André Carvalho, André Crispim e
André Ramalho (foto Helena Dias)
Pódio de Rafael Silva, Bruno Sancho e
João Letras (foto Helena Dias)
Fernando Carvalho, vencedor do primeiro Circuito de S. Bernardo
e da Volta a Portugal de 1990 (foto Helena Dias)


Resultados
1º Rafael Silva (Por) Efapel 1:46:11
2º Bruno Sancho (Por) Anicolor m.t.
3º João Letras (Por) Sicasal-Constantinos-Udo m.t.
4º Rafael Reis (Por) W52-FC Porto m.t.
5º André Carvalho (Por) Liberty Seguros-Carglass m.t.
6º Bruno Silva (Por) LA Alumínios-Antarte m.t.
7º Luís Mendonça (Por) Sicasal-Constantinos-Udo m.t.
8º Samuel Caldeira (Por) W52-FC Porto m.t.
9º João Benta (Por) Louletano-Hospital de Loulé m.t.
10º André Crispim (Por) Liberty Seguros-Carglass m.t.

Resultados completos
______
Ver também:

1 comentário:

  1. Anónimo21/8/16

    Estive no circuito e adorei. Acompanhei ao vivo o trabalho aqui feito e por isso deixo aqui como fã da modalidade o meu reconhecimento e os meus parabéns.

    ResponderEliminar