Apresentação Liberty Seguros/Feira/KTM 2014

Esta quinta-feira, a Biblioteca Municipal de Sta. Maria da Feira recebeu a apresentação do 6º GP Liberty Seguros/Volta às Terras de Sta. Maria e das equipas de formação Liberty Seguros/Feira/KTM do Sport Ciclismo S. João de Ver.


Entre as personalidades presentes destacaram-se os patrocinadores das equipas, nomeadamente a Liberty Seguros, a KTM e a Câmara Municipal de Sta. Maria da Feira. Também não faltaram antigos corredores da casa, actualmente a pedalar no pelotão profissional nacional, entre outros o campeão nacional Joni Brandão, César Fonte, Edgar Pinto, Frederico Figueiredo, Mário Costa, Rafael Silva e o internacional André Cardoso. Nem o campeão do mundo Rui Costa faltou à chamada de um dos directores desportivos mais acarinhados no país, Manuel Correia, deixando em vídeo uma mensagem sentida de agradecimento pelo seu percurso e aprendizagem no clube.

Precisamente de Manuel Correia surgiu o momento mais marcante da cerimónia, aquando do seu anúncio de fim de ciclo no Sport Ciclismo S. João de Ver, confidenciando mais tarde aos microfones da Pedaleo: «Não há nada definido, mas é uma decisão que decidi tomar. O meu ciclo atingiu o patamar que eu acho que deveria atingir. Por trás disto há outros projectos ligados à modalidade. Provavelmente passará por Portugal… uma equipa para correr no sul da Europa».
 
Manuel Correia, Liberty Seguros/Feira/KTM

Relativamente à 6ª edição do GP Liberty Seguros/Volta às Terras de Sta. Maria, a prova irá para a estrada de 25 a 27 de Abril, perdendo um dia, mas mantendo as quatro etapas. No primeiro dia, o pelotão percorre 148,5 km de Sta. Maria da Feira a Lordelo. O segundo dia conta com 147 km totalmente pedalados na Maia, Cidade Europeia do Desporto 2014. No terceiro dia disputa-se um duplo sector. Pela manhã, o contra-relógio por equipas de 7,4 km junto ao Europarque. De tarde, o cativante circuito do Castelo.

Em todas as jornadas será homenageado um antigo corredor da terra, facto sempre valorizado pelo Presidente do clube, Fernando Vasco, que deste modo pretende realçar a importância histórica do ciclismo em Sta. Maria da Feira.

Nesta cerimónia, o Sport Ciclismo S. João de Ver recebeu da Associação de Ciclismo de Aveiro o Troféu Sensação de 2013, pela mão do Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira.
 
Troféu Sensação 2013 ao Sport Ciclismo S. João de Ver
As equipas:

Sub-23: David Ribeiro, David Rodrigues (elite), Diogo Santos, Fábio Oliveira, Ivo Silva, Leonel Coutinho, Paulo Cunha, Paulo Silva, Renato Avelar (elite), Ricardo Teixeira, Rúben Castro, Rúben Guerreiro, Samuel Magalhães, Zulmiro Magalhães.

Equipa Sub-23, director desportivo Manuel Correia

Juniores: Alexandre Matos, André Resende, António Rocha, Cláudio Neves, Daniel Simões, Fábio Paiva, Filipe Rocha, Marcelo Vieira, Mário Araújo, Micael Leal, Nuno Fernandes, Pedro Pinto, Ricardo Mota, Samuel Leal, Tiago Oliveira, Tiago Santos, Vítor Costa.

Equipa Juniores, director técnico Luís Pinheiro

Cadetes: André Rodrigues, Bruno Alves, Bruno Oliveira, Diogo Pinho, Filipe Carvalho, Filipe Silva, João Campos, José Silva, Ricardo Correia, Tiago Chaves.
 
Equipa Cadetes, director técnico Arménio Silva

Escolas: Ana Costa, André Paiva, António Ferreira, Carlos Araújo, Diogo Barbosa (filho de Cândido Barbosa), Diogo Faustino, Diogo Sousa, Gabriel Ferreira, Guilherme Magalhães, João António, João Matos, Mariana Almeida.

Equipa Escolas, directores técnicos António Correia e Carlos Pinho


Fotos da apresentação, by Pedaleo aqui
Crónica em espanhol aqui
(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)

Rui Costa primeiro líder do Ranking APCP

O campeão do mundo Rui Costa (Lampre-Merida) abre a temporada 2014 a liderar o Ranking Ciclista do Ano, promovido pela APCP – Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais. A participação na 40ª Volta ao Algarve lançou-o para o 1º lugar com 245 pontos. Rui Costa não só terminou a Algarvia no terceiro lugar do pódio, como ainda esteve muito perto de ganhar três das cinco etapas ao finalizar em segundo, somando ainda a vitória da camisola dos pontos. Esta combinação de resultados fez do ciclista internacional o melhor luso em prova e, consequentemente, o melhor na abertura deste Ranking.
 
Rui Costa (By ©NigelGoodenough)

A ocupar o 2º lugar com 120 pontos está Eduard Prades, ciclista espanhol da OFM-Quinta da Lixa. Uma vez mais, o desempenho na Algarvia mostrou-se essencial na entrada para os lugares cimeiros do Ranking APCP, como demonstra o sétimo lugar alcançado na prova internacional e o cruzar a meta em quarto de duas etapas. No 3º lugar do Ranking encontra-se Daniel Mestre, vencedor da Prova de Abertura. O corredor da formação Banco BIC-Carmim inaugurou o calendário português de estrada da melhor maneira e essa vitória valeu-lhe a entrada directa com 70 pontos.

Destaca-se ainda no 12º lugar o primeiro sub-23 Ricardo Ferreira, da Rádio Popular-Boavista, e no 14º lugar a presença do único corredor de equipa de clube Luís Gomes, da Maia-Bicicletas Andrade, por terem finalizado a Prova de Abertura entre os dez primeiros.

No Ranking Equipa do Ano, a soberania da OFM-Quinta da Lixa mantém-se igual à anterior temporada. O 1º lugar pertence à formação de Sobrado com 166 pontos, que inicia 2014 a brilhar no 3º lugar do pódio colectivo da Algarvia e a liderar este Ranking, seguida em 2º lugar pela Efapel-Glassdrive com 85 pontos e no 3º lugar a equipa Banco BIC-Carmim com 70 pontos. À imagem do Ranking Ciclista, também no colectivo a Maia-Bicicletas Andrade é a única equipa de clube a marcar presença no 7º lugar.

Quanto ao Ranking Equipier do Ano, Luís Fernandes da OFM-Quinta da Lixa destaca-se no 1º lugar com 7 pontos, seguido por César Fonte (Rádio Popular-Boavista) e Diogo Nunes (Banco BIC-Carmim), no 2º e 3º lugares com 4 e 3 pontos respectivamente. O carácter de anonimato do trabalho de equipier faz com que passe por vezes despercebido do grande público, mas não dos companheiros de profissão e principalmente dos líderes, que deste modo chegam resguardados aos momentos decisivos das corridas, contribuindo de forma crucial para a excelente prestação da equipa no seu todo, como no caso da Volta ao Algarve onde a OFM subiu ao pódio como a terceira melhor esquadra no colectivo, apenas superada pelas equipas de escalão superior, Lampre-Merida e Caja Rural-Seguros RGA.

CICLISTA DO ANO – Fevereiro 2014
1 Rui Costa (Por) Lampre-Merida 245
2 Eduard Prades (Esp) OFM-Quinta da Lixa 120
3 Daniel Mestre (Por) Banco BIC-Carmim 70
4 Edgar Pinto (Por) LA Alumínios-Antarte 61
5 Filipe Cardoso (Por) Efapel-Glassdrive 50
6 Rafael Silva (Por) Efapel-Glassdrive 35
7 Tiago Machado (Por) NetApp-Endura 33
8 Ricardo Vilela (Por) OFM-Quinta da Lixa 25
9 Mário Costa (Por) OFM-Quinta da Lixa 20
10 César Fonte (Por) Rádio Popular-Boavista 15
11 Francisco Moreno (Esp) Louletano-Dunas Douradas 10
12 Ricardo Ferreira (Por) Rádio Popular-Boavista 7
13 Jorge Montenegro (Arg) Louletano-Dunas Douradas 5
14 Luís Gomes (Por) Maia-Bicicletas Andrade 3
15 José Mendes (Por) NetApp-Endura 2
16 Delio Fernández (Esp) OFM-Quinta da Lixa 1

EQUIPA DO ANO – Fevereiro 2014
1 OFM-Quinta da Lixa 166
2 Efapel-Glassdrive 85
3 Banco BIC-Carmim 70
4 LA Alumínios-Antarte 61
5 Rádio Popular-Boavista 22
6 Louletano-Dunas Douradas 15
7 Maia-Bicicletas Andrade 3

EQUIPIER DO ANO – Fevereiro 2014
1 Luís Fernandes (Por) OFM-Quinta da Lixa 7
2 César Fonte (Por) Rádio Popular-Boavista 4
3 Diogo Nunes (Por) Banco BIC-Carmim 3
4 Hugo Sancho (Por) LA Alumínios-Antarte 2
4 João Pereira (Por) Banco BIC-Carmim 2
4 Luís Afonso (Por) LA Alumínios-Antarte 2
4 Valter Pereira (Por) Banco BIC-Carmim 2
8 Bruno Sancho (Por) Banco BIC-Carmim 1
8 Bruno Silva (Por) Efapel-Glassdrive 1
8 Carlos Carneiro (Por) Rádio Popular-Boavista 1
8 Célio Sousa (Por) Rádio Popular-Boavista 1
8 Hugo Sabido (Por) LA Alumínios-Antarte 1
8 Márcio Barbosa (Por) LA Alumínios-Antarte 1
8 Mário Costa (Por) OFM-Quinta da Lixa 1
8 Raúl Alarcón (Esp) Louletano-Dunas Douradas 1
8 Ricardo Mestre (Por) Efapel-Glassdrive 1
8 Sérgio Sousa (Por) Efapel-Glassdrive 1
8 Victor De La Parte (Esp) Efapel-Glassdrive 1
8 Victor Valinho (Por) Louletano-Dunas Douradas 1

(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)

Fev/2014: equipas e ciclistas lusos pelo mundo

O mês de Fevereiro foi recheado de ciclistas lusos em diversas provas espalhadas pelos continentes europeu, americano e asiático. Além dos corredores internacionais, as equipas continentais Banco BIC-Carmim e OFM-Quinta da Lixa disputaram provas além-fronteiras.

No plano internacional, os irmãos Gonçalves (La Pomme Marseille13) demonstraram nas provas em França um bom início de temporada. Ambos pedalaram em Étoile de Bessèges, onde José Gonçalves teve a sua melhor participação, mais à imagem das suas características do que no GP La Marseillaise. Em estreia na formação francesa, Domingos Gonçalves revelou uma excelente adaptação ao novo pelotão, destacando-se o seu trabalho de equipa no Tour Méditerranéen e Tour du Haut Var-Matin.

Ainda no que concerne aos internacionais, também Rui Costa e Nelson Oliveira (Lampre-Merida), José Mendes e Tiago Machado (NetApp-Endura), André Cardoso (Garmin-Sharp) e Bruno Pires (Tinkoff-Saxo) deram início à temporada na estrada. O campeão do mundo Rui Costa deu nas vistas e não só pelo arco-íris, disputando os lugares cimeiros logo no primeiro desafio em estreia no calendário, o Dubai Tour, e também nas provas do Challenge Mallorca em Espanha, onde o companheiro Nelson Oliveira se mostrou fundamental na boa exibição da equipa italiana.

Neste papel de trabalho em prol do líder, Bruno Pires é um dos mais destacados na Tinkoff-Saxo, como bem mostrou não apenas no Dubai, mas também com Sérgio Paulinho na Volta ao Algarve na conquista do 2º lugar do pódio pelo espanhol Alberto Contador. Já André Cardoso estreou-se pela Garmin-Sharp em território espanhol, bem conhecido dos seus pedais pela sua anterior equipa Caja Rural, sobressaindo no Trofeo Serra de Tramuntana do Challenge de Mallorca. Aqui, a dupla José Mendes e Tiago Machado teve algo a dizer nas também primeiras pedaladas do ano, com o segundo a subir ao pódio pela primeira vez pela esquadra alemã no Trofeo Playa de Muro com a vitória da classificação do combinado.

Com as pernas rodadas do mês anterior no Tour de San Luis, o jovem Fábio Silvestre (Trek Factory Racing) destacou-se em duas frentes em Fevereiro. No Dubai Tour esteve na frente do pelotão a protagonizar incansáveis perseguições para terminar com as fugas, que colocavam os objectivos da equipa em perigo. Na Vuelta a Andalucía pôde mostrar as qualidades de sprinter, estando na frente pela vitória em duas das cinco etapas.

Relativamente às equipas lusitanas além-fronteiras, a esquadra Banco BIC-Carmim fez-se notar no Dubai Tour disputando a camisola dos sprints intermédios com Diogo Nunes. Embora o objectivo não tenha sido cumprido, toda a equipa se mobilizou num trabalho incansável em fuga ou na frente do pelotão para o alcançar e teve no jovem Rafael Reis o melhor classificado na geral.

Semelhante papel de destaque teve a OFM-Quinta da Lixa no Tour do Brasil Volta Ciclística de São Paulo. Apesar da formação de Sobrado ter terminado a prova apenas com dois corredores, Samuel Caldeira e Gustavo Veloso, esse facto não conta a brilhante exibição que todos os elementos protagonizaram nas oito etapas, fazendo parte das fugas diárias e terminando entre os quinze primeiros a cruzar a meta nos diversos dias.

Ambas as equipas lusas mostraram-se fortes e essa força veio trazer boas prestações em Portugal, nomeadamente na internacional Volta ao Algarve. A primeira subiu ao pódio com Valter Pereira (BBC), vencedor da montanha. A segunda (OFM) agarrou o 3º lugar na geral por equipas. Aliás, a Algarvia entregou todas as classificações secundárias a portugueses, vencendo as metas volantes César Fonte (Rádio Popular-Boavista) e os pontos Rui Costa (Lampre-Merida), que ainda somou três segundos lugares em etapas e o 3º lugar na geral. Acrescentou-se ainda o destacável espanhol Edu Prades (OFM), que esteve entre os corredores do ProTour a disputar a linha de meta na quarta posição em duas etapas e terminando na geral em 7º lugar, bem como os portugueses Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte) em 10º e Ricardo Vilela (OFM) em 13º na geral.

Banco BIC-Carmim na Volta ao Algarve (By ©NigelGoodenough)

02/Fev, GP La Marseillaise
1 Kenneth Vanbilsen (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise 3:34:18
80 José Gonçalves (Por) LPM +06:26

05-08/Fev, Dubai Tour
1 Taylor Phinney (USA) BMC 9:31:33
15 Rui Costa (Por) LAM +0:48
34 Nelson Oliveira (Por) LAM +1:34
48 Rafael Reis (Por) BBC +2:01
70 Bruno Pires (Por) TCS +3:21
81 Daniel Mestre (Por) BBC +4:33
82 João Pereira (Por) BBC +4:34
85 Fábio Silvestre (Por) TFR +4:45
92 Henrique Casimiro (Por) BBC +5:11
94 Amaro Antunes (Por) BBC +5:22
100 Bruno Sancho (Por) BBC +6:09
119 Valter Pereira (Por) BBC +16:04
124 Diogo Nunes (Por) BBC +21:39

05-09/Fev, Étoile de Bessèges
1 Tobias Ludvigsson (Swe) Giant-Shimano 14:43:35
22 José Gonçalves (Por) LPM +0:50
34 Domingos Gonçalves (Por) LPM +1:08

09-12/Fev, Challenge Mallorca
Trofeo Palma
1 Sacha Modolo (Ita) Lampre-Merida 2:29:12
48 André Cardoso (Por) GRS m.t.
Trofeo Ses Salines
1 Sacha Modolo (Ita) Lampre-Merida 4:07:53
X
Trofeo Serra de Tramuntana
1 Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step 3:59:51
18 André Cardoso (Por) GRS m.t.
20 Rui Costa (Por) LAM +0:31
39 José Mendes (Por) TNE +1:54
51 Tiago Machado (Por) TNE +6:12
65 Nelson Oliveira (Por) LAM +10:12
Trofeo Playa de Muro
1 Gianni Meersman (Bel) Omega Pharma-Quick Step 3:50:07
18 Rui Costa (Por) LAM +0:09
34 Tiago Machado (Por) TNE +3:01 [Clas. Combinado]
42 André Cardoso (Por) GRS m.t.
109 José Mendes (Por) TNE +16:40
DNF Nelson Oliveira (Por) LAM

09-16/Fev, Tour do Brasil Volta Ciclística de São Paulo
1 Magno Nazaret (Bra) Funvic Brasilinvest 21:54:38
50 Samuel Caldeira (Por) OFM +37:59
56 Gustavo Veloso (Esp) OFM +53:24
DNF Ricardo Vilela (Por) OFM
DNF Eduard Prades (Esp) OFM
DNF Arkaitz Durán (Esp) OFM
DNF João Matias (Por) OFM
DNF Hélder Oliveira (Por) OFM

13-16/Fev, Tour Méditerranéen
1 Steve Cummings (GBr) BMC 16:31:59
42 Domingos Gonçalves (Por) LPM +4:55

19-23/Fev, Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 18:47:45
91 Fábio Silvestre (Por) TFR +24:38 [8º e 13º ao sprint em 2 etapas]

19-23/Fev, Volta ao Algarve
Resultados última etapa e geral aqui

22-23/Fev, Tour du Haut Var-Matin
1 Carlos Alberto Betancur (Col) AG2R La Mondiale 9:05:30
46 Domingos Gonçalves (Por) LPM +3:10

(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)

A Corrida, por Frederico Figueiredo: Volta ao Algarve

Boa noite, amigos

Hoje farei o meu rescaldo etapa a etapa do que foi a minha primeira Volta ao Algarve. Em primeiro lugar, há que dar uma grande palavra de apreço a quem conseguiu pôr esta volta na estrada. Exceptuando a parte da transmissão televisiva, esteve num patamar muito acima com um excelente pelotão, percurso competitivo, segurança e sempre muita gente a ver a corrida passar. Afinal, não só no norte está o ciclismo. E é sempre espectacular poder correr ao lado das grandes estrelas do pelotão mundial!

Pedaladas lusas do dia 23/02: Andalucía e Haut Var-Matin

Hoje viveram-se as últimas pedaladas na 60ª Vuelta a Andalucía e no 46º Tour du Haut Var-Matin.

A última etapa da Ruta del Sol viu Moreno Hofland (BEL) brilhar na meta frente a Nikias Arndt (GIA) e Kenneth Vanbilsen (TSV). Na geral, Alejandro Valverde (MOV) agarrou pela terceira vez o triunfo da Vuelta a Andalucía.

A 4ª etapa de 159,8 km partiu de Ubrique com o pelotão compacto até à 1ª cat. de Puerto del Boyar. Na dureza da montanha, um grupo de nove corredores formou a fuga do dia. Adrian Honkisz (CCC), Amets Txurruka (CJR), Laurens Ten Dam (BEL), Tom Dumoulin (GIA), Jakob Fuglsang (AST), Linus Gerdemann (MTN), Tim Wellens (LTB), Javier Megías (TNN) e Julián Arredondo (TFR) resistiram à perseguição imposta pela Movistar no pelotão, superando as 3ªs cats. de Puerto del Viento e Puerto de las Abejas, mas não chegaram à conquista da meta.

Na linha final em Fuengirola, a vitória coube a Moreno Hofland (Bel), com Alejandro Valverde (MOV) a cruzar a meta tranquilamente na 10ª posição e a conquistar mais uma Ruta del Sol para o seu palmarés. No pódio final, Richie Porte (SKY) e Luis León Sánchez (CJR) ocuparam os restantes lugares.

Quanto a Fábio Silvestre, terminou mais uma jornada na frente de batalha. Hoje em 13º e com o director da Trek Factory Racing, Josu Larrazabal, a mostrar-se satisfeito pelo crescimento e evolução do jovem luso: «No geral, o Fábio fez um bom trabalho ontem e hoje sentiu-se forte. Temos visto uma grande evolução desde San Luis, com ele a ser capaz de chegar aos quilómetros finais com mais energia». Na geral final, Fábio finalizou na 91ª posição.
 
Alejandro Valverde vencedor da 60ª Vuelta a Andalucía (Foto Movistar Team)

Por terras francesas, a 2ª etapa do Tour du Haut Var-Matin percorreu 203,4 km em Draguignan com a vitória a sorrir ao francês Amaël Moinard (BMC) e o triunfo final a pertencer ao colombiano Carlos Alberto Betancur (ALM).

Numa jornada com dois prémios de montanha de 1ª cat., em Col de Bourigaille e Côte des Tuilières, um grupo de oito corredores empreendeu uma fuga, que durou até à aproximação da segunda dureza do dia. Johan Le Bon (FDJ.fr),  Thor Hushovd (BMC), Jérôme Cousin (Europcar), Florian Vachon (Bretagne-Séché), Floris Smeyers (Veranda Willems), Marcel Wyss (IAM), Romain Hardy e Rudy Molard (Cofidis) foram os aventureiros na frente da corrida até 15 km do final.

Com a meta à vista, alguns corredores ainda tentaram a sua sorte, mas a pedalada mais forte pertenceu a Moinard (BMC), não conseguindo destronar Betancur (ALM) da vitória final, que cruzou a linha em seguida. Emilien Viennet (FDJ) fechou o pódio da etapa.

Nas contas finais, Betancur (ALM) agarrou o triunfo de Haut Var-Matin com 12 segundos de vantagem sobre o companheiro Dumoulin (ALM) e Moinard (BMC). Quanto a Domingos Gonçalves (LPM), o português cruzou a meta a cerca de 3 minutos, terminando na geral final no 46º lugar.

As pedaladas lusas continuam já em Março, com as formações Louletano-Dunas Douradas e Efapel-Glassdrive a disputar as clássicas espanholas em Murcia e Almería.
 
Domingos Gonçalves (LPM) em Haut Var-Matin (By ©Etienne Garnier)
Resultados
Etapa 4 Vuelta a Andalucía
1 Moreno Hofland (Ned) Belkin 4:09:53 [38,370 km/h]
2 Nikias Arndt (Ger) Giant-Shimano m.t.
3 Kenneth Vanbilsen (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise m.t.
4 Tom Van Asbroeck (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise +0:01
5 Edward Theuns (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise m.t.
6 Davide Vigano (Ita) Caja Rural-Seguros RGA m.t.
7 Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky) m.t.
8 Ion Izagirre (Esp) Movistar m.t.
9 Daniel Hoelgaard (Nor) Etixx m.t.
10 Alejandro Valverde (Esp) Movistar m.t.
13 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing m.t.
------
Montanha: Tom Van Asbroeck (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise
Metas Volantes: Andrey Zeits (Kaz) Astana
Pontos: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Combinado: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
1º Espanhol: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Melhor Andaluz: Luis Ángel Maté (Esp) Cofidis
Equipas: Astana
------
Geral Final Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 18:47:45
2 Richie Porte (Aus) Sky +0:31
3 Luis León Sánchez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +0:33
4 Ion Izagirre (Esp) Movistar m.t.
5 Tanel Kangert (Est) Astana +0:43
6 Bauke Mollema (Ned) Belkin +0:55
7 Thomas Degand (Bel) Wanty-Groupe Gobert +1:02
8 Daniel Navarro (Esp) Cofidis +1:06
9 Michele Scarponi (Ita) Astana +1:13
10 Luis Ángel Maté (Esp) Cofidis +1:24
91 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing +24:38



Resultados
Etapa 2 Tour du Haut Var-Matin
1 Amaël Moinard (Fra) BMC 5:23:30 [37,724 km/h]
2 Carlos Alberto Betancur (Col) AG2R La Mondiale m.t.
3 Emilien Viennet (Fra) FDJ.fr +0:10
4 Cadel Evans (Aus) BMC +0:12
5 Armindo Fonseca (Fra) Bretagne-Séché Environnement m.t.
6 Egoitz García (Esp) Cofidis m.t.
7 Reinardt Janse Van Rensburg (Rsa) Giant-Shimano m.t.
8 Andrey Amador (Crc) Movistar m.t.
9 Mark Christian (GBr) Team Raleigh m.t.
10 Miguel Ángel Rubiano (Col) Colombia m.t.
51 Domingos Gonçalves (Por) La Pomme Marseille13 +3:01
------
Montanha: Florian Guillou (Fra) Bretagne-Séché Environnement
Pontos: Carlos Betancur (Col) AG2R La Mondiale
Juventude: Emilien Viennet (Fra) FDJ.fr
Equipas: AG2R La Mondiale
------
Geral Final Tour du Haut Var-Matin
1 Carlos Alberto Betancur (Col) AG2R La Mondiale 9:05:30
2 Samuel Dumoulin (Fra) AG2R La Mondiale +0:12
3 Amaël Moinard (Fra) BMC m.t.
4 Armindo Fonseca (Fra) Bretagne-Séché Environnement +0:15
5 Cadel Evans (Aus) BMC m.t.
6 Mikael Cherel (Fra) AG2R La Mondiale m.t.
7 Cyril Gautier (Fra) Europcar m.t.
8 Emilien Viennet (Fra) FDJ.fr +0:16
9 Jérôme Pineau (Fra) IAM Cycling +0:18
10 Andrey Amador (Crc) Movistar m.t.
46 Domingos Gonçalves (Por) La Pomme Marseille13 +3:10

(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)

Cavendish e Kwiatkowski, dupla triunfante no final da Volta ao Algarve

A 40ª edição da Volta ao Algarve teve como grande vencedor o jovem polaco Michal Kwiatkowski. A Omega Pharma-Quick Step deu por terminada a Algarvia com um sprintazo vitorioso de Mark Cavendish, o seu primeiro triunfo da temporada: «Viemos pela classificação geral e queríamos uma etapa. Conseguimos duas mais esta de hoje e ainda a geral. A equipa não poderia estar mais satisfeita», confessou Manxman à rádio local Gilão.

Pedaladas lusas do dia 22/02: Andalucía e Haut Var-Matin

A 3ª etapa da Vuelta a Andalucía prometia um final ao sprint e assim aconteceu. O alemão Gerald Ciolek (MTN) sprintou para uma vitória tirada a photo-finish diante de Roy Jans (WGG) e Moreno Hofland (BEL). Quanto à liderança, continua bem segura nas mãos do espanhol Alejandro Valverde (MOV).

A jornada de 183,8 km entre Sanlúcar la Mayor e Sevilla contou com uma fuga, na qual o luso Fábio Silvestre esteve inicialmente. No entanto, como a Trek Factory Racing tinha admitido no dia anterior, os planos para o jovem português nesta etapa eram outros e por essa razão não persistiu na frente da corrida, como explicou no final da jornada o director Adriano Baffi ao site da equipa: «Foi uma má escolha. Parámo-lo, porque a estratégia da equipa era estar na fuga mas não com o Fábio, porque ele é o nosso sprinter. Quando a Sky e a Movistar estavam a controlar a corrida, percebemos que não era bom mantê-lo na fuga. Ele é novo e é difícil para ele parar, mas foi uma boa lição a nível profissional. Ele gastou mais energia do que devia, mas no final sprintou bem e fez um bom resultado».

Mais do que isso, Fábio Silvestre (TFR) esteve na disputa da linha de meta, terminando com o mesmo tempo do vencedor na 8ª posição. Para amanhã, espera-se na última jornada mais montanha nos 159,8 km entre Ubrique e Fuengirola. Como o seu director Baffi acrescentou: «Se o Fábio conseguir ultrapassar as subidas, então contaremos com ele para o sprint final».
 
Sprint final na Vuelta a Andalucía (Foto www.vueltaandalucia.com)

Por terras francesas, disputou-se a 1ª etapa do Tour du Haut Var-Matin. A vitória teve sabor colombiano por Carlos Betancur (ALM), que superou na linha de meta John Degenkolb (GIA) e a fechar o pódio da jornada o companheiro de equipa Samuel Dumoulin (ALM).

No início dos 149,1 km, a ligar Le Canet-des-Maures a La Croix Valmer, um quinteto tomou a frente da corrida formado por Gert Joeaar (COF), Thomas Rostollan (LPM), Florian Guillou (BSE), Joe Perrett (RAL) e Rodolfo Torres (COL). A aventura superou os três prémios de montanha de 2ª e 3ª cats., mas não conseguiu fazer frente ao pelotão, que os alcançou a cerca de 13 km para o desfecho da jornada.

Entre os vários ataques que se sucederam, nenhum conseguiu vingar e Betancur (Col) conquistou a meta com Degenkolb (GIA) e Dumoulin (ALM) na sua roda. Os corredores que se seguiram cruzaram a linha a escassos segundos, entre eles o português Domingos Gonçalves (LPM) no 24º lugar, que partirá para a 2ª e última etapa a 9s do líder.
 
Domingos Gonçalves em Haut Var-Matin (Foto La Pomme Marseille13)

Resultados
Etapa 3 Vuelta a Andalucía
1 Gerald Ciolek (Ger) MTN-Qhubeka 4:17:39 [42,779 km/h]
2 Roy Jans (Bel) Wanty-Groupe Gobert m.t.
3 Moreno Hofland (Ned) Belkin m.t.
4 Nikias Ardnt (Ger) Giant-Shimano m.t.
5 Tom Van Asbroeck (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise m.t.
6 Jens Debusschere (Bel) Lotto-Belisol m.t.
7 Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky) m.t.
8 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing m.t.
9 Kenneth Vanbilsen (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise m.t.
10 Davide Vigano (Ita) Caja Rural-Seguros RGA m.t.
------
Montanha: Tom Van Asbroeck (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise
Metas Volantes: Andrey Zeits (Kaz) Astana
Pontos: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Combinado: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
1º Espanhol: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Melhor Andaluz: Luis Ángel Maté (Esp) Cofidis
Equipas: Astana
------
Geral Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 14:37:51
2 Richie Porte (Aus) Sky +0:20
3 Luis León Sánchez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +0:22
4 Ion Izagirre (Esp) Movistar +0:33
5 Tanel Kangert (Est) Astana +0:43
6 Bauke Mollema (Ned) Belkin +0:44
7 Thomas Degand (Bel) Wanty-Groupe Gobert +0:51
8 Daniel Navarro (Esp) Cofidis +0:55
9 Michele Scarponi (Ita) Astana +1:02
10 Luis Ángel Maté (Esp) Cofidis +1:24
96 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing +24:38



Resultados
Etapa 1 Tour du Haut Var-Matin
1 Carlos Betancur (Col) AG2R La Mondiale 3:42:00 [40,297 km/h]
2 John Degenkolb (Ger) Giant-Shimano m.t.
3 Samuel Dumoulin (Fra) AG2R La Mondiale m.t.
4 Armindo Fonseca (Fra) Bretagne-Séché Environnement +0:03
5 Mikael Cherel (Fra) AG2R La Mondiale m.t.
6 Cyril Gautier (Fra) Europcar m.t.
7 Francisco Ventoso (Esp) Movistar m.t.
8 Cadel Evans (Aus) BMC m.t.
9 Maxime Vantomme (Bel) Roubaix-Lille Metropole m.t.
10 Jérôme Pineau (Fra) IAM Cycling +0:06
24 Domingos Gonçalves (Por) La Pomme Marseille13 +0:09
------
Montanha: Florian Guillou (Fra) Bretagne-Séché Environnement
Pontos: Carlos Betancur (Col) AG2R La Mondiale
Juventude: Emilien Viennet (Fra) FDJ.fr
Equipas: AG2R La Mondiale

(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)

Vitória de Alberto Contador no Malhão da Volta ao Algarve

Alberto Contador, da Tinkoff-Saxo, foi o rei conquistador do Alto do Malhão na quarta jornada da Volta ao Algarve. A amarela 40ª edição permaneceu no terceiro a cortar a meta, Michal Kwiatkowski, da Omega Pharma-Quick Step.

Pedaladas lusas do dia 21/02: Andalucía

Três jornadas, três vitórias consecutivas. Imparável, a ‘bala’ espanhola Alejandro Valverde alcançou o pleno para a Movistar na Vuelta a Andalucía.

Depois do prólogo em contra-relógio individual e a primeira etapa em linha, hoje o pelotão teve mais montanha na segunda etapa da Ruta del Sol. A partida dos 197,1 km viveu-se em La Guardia de Jaén e pela frente os corredores tiveram duas 3ªs cats., Alto de Carcabuey e Puerto del Mojón, além da última escalada até à meta instalada na 1ª cat. do Santuario Virgen de la Sierra de Cabra, decisiva na história da jornada.

O líder Alejandro Valverde (MOV) manteve a tranquilidade na última ascensão, acompanhando atentamente qualquer movimentação dos mais directos adversários, que conseguiram manter a pedalada no pequeno grupo que restou do pelotão. Valverde não só respondeu a alguns ataques como desferiu uma pedalada letal para a conquista da etapa, deixando a um escasso segundo os compatriotas Luis León Sánchez (CJR) e Daniel Navarro (COF).

Quanto a Fábio Silvestre, o português superou mais uma dura jornada guardando as forças para amanhã, tendo em conta os planos do director desportivo da Trek Factory Racing, Josu Larrazabal: «Amanhã será certamente um dia para os sprinters e nós teremos o Danilo [Hondo] a trabalhar com o Fábio [Silvestre] para tentar algo no sprint». Percorrerá 183,8 km de Sanlúcar la Mayor a Sevilla.

Nos próximos dois dias, 22 e 23 de Fevereiro, Portugal conta também com as pedaladas lusas de Domingos Gonçalves, pela La Pomme Marseille13, no 46º Tour du Haut Var-Matin, em França.

Vitória de Alejandro Valverde na etapa2 (Foto Movistar Team)


Resultados
Etapa 2 Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 5:02:53
2 Luis León Sánchez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +0:01
3 Daniel Navarro (Esp) Cofidis m.t.
4 Michele Scarponi (Ita) Astana m.t.
5 Richie Porte (Aus) Sky m.t. m.t.
6 Thomas Degand (Bel) Wanty-Groupe Gobert +0:05
7 Bauke Mollema (Ned) Belkin m.t.
8 Tanel Kangert (Est) Astana m.t.
9 Marcos García (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +0:09
10 Ion Izagirre (Esp) Movistar m.t.
84 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing +13:41
------
Montanha: Tom Van Asbroeck (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise
Metas Volantes: Andrey Zeits (Kaz) Astana
Pontos: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Combinado: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
1º Espanhol: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Melhor Andaluz: Luis Ángel Maté (Esp) Cofidis
Equipas: Movistar
------
Geral Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 10:20:12
2 Richie Porte (Aus) Sky +0:20
3 Luis León Sánchez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA +0:22
4 Ion Izagirre (Esp) Movistar +0:33
5 Tanel Kangert (Est) Astana +0:43
6 Bauke Mollema (Ned) Belkin +0:44
7 Thomas Degand (Bel) Wanty-Groupe Gobert +0:51
8 Daniel Navarro (Esp) Cofidis +0:55
9 Michele Scarponi (Ita) Astana +1:02
10 Luis Ángel Maté (Esp) Cofidis +1:24
97 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing +24:38

(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)

Bis de Kwiatkowski na 3ª etapa Volta ao Algarve

Pelo segundo dia consecutivo a vitória sorriu a Michal Kwiatkowski. O jovem polaco da Omega Pharma-Quick Step voou para a conquista da 3ª etapa, brilhando ainda mais no pódio com a amarela da Volta ao Algarve.

Pedaladas lusas do dia 20/02: Andalucía

Na primeira etapa em linha, Alejandro Valverde não perdoou e garantiu o bis para a Movistar, consolidando desta forma a liderança na Vuelta a Andalucía.

A Ruta del Sol preparou para o pelotão uma jornada de 186,8 km bastante montanhosa com partida em Vélez Málaga. Após tamanha dureza em escalar seis prémios de montanha de 1ª, 2ª e 3ª cat., as pedaladas mais fortes fizeram-se sentir na meta em Jaén por Alejandro Valverde (MOV), deixando a 4s o holandês Bauke Mollema (BEL) e o italiano Davide Rebellin (CCC).

Numa jornada nada ao jeito de Fábio Silvestre, o português trabalhou a par dos companheiros da Trek Factory Racing para alcançar um bom resultado para a equipa. A vitória não lhes sorriu, mas valeu o esforço para Haimar Zubeldia subir à 5ª posição da geral, finalizando a etapa em 13º a 21s de Valverde, como explica o director Adriano Baffi no site oficial: «Esperávamos vencer a etapa hoje e fizemos um bom trabalho até ao final. Haimar fez o que é capaz de fazer, não estava na melhor posição no início da subida e isso feriu um pouco as suas hipóteses. Ainda assim, ele conseguiu um bom final».

Amanhã, o pelotão percorre 197,1 km desde La Guardia de Jaén até à 1ª cat. do Santuario Virgen de la Sierra de Cabra.

Vitória de Alejandro Valverde na etapa1 (Foto Movistar Team)



Resultados
Etapa 1 Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 5:08:57 [36,239 km/k]
2 Bauke Mollema (Ned) Belkin +0:04
3 Davide Rebellin (Ita) CCC Polsat Polkowice m.t.
4 Richie Porte (Aus) Sky m.t.
5 Luis León Sánchez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA m.t.
6 Julien Simon (Fra) Cofidis +0:11
7 Daniel Navarro (Esp) Cofidis +0:12
8 Ion Izagirre (Esp) Movistar +0:15
9 Thomas Degand (Bel) Wanty-Groupe Gobert +0:16
10 Tanel Kangert (Est) Astana +0:17
96 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing +10:28
------
Montanha: Tom Van Asbroeck (Bel) Topsport Vlaanderen-Baloise
Metas Volantes: Javier Aramendia (Esp) Caja Rural-Seguros RGA
Pontos: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Combinado: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
1º Espanhol: Alejandro Valverde (Esp) Movistar
Melhor Andaluz: Javier Moreno (Esp) Movistar)
Equipas: Movistar
------
Geral Vuelta a Andalucía
1 Alejandro Valverde (Esp) Movistar 5:17:19
2 Richie Porte (Aus) Sky +0:19
3 Luis León Sánchez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA+0:21
4 Ion Izagirre (Esp) Movistar +0:24
5 Haimar Zubeldia (Esp) Trek Factory Racing +0:37
6 Tanel Kangert (Est) Astana +0:38
7 Bauke Mollema (Ned) Belkin +0:39
8 Julien Simon (Fra) Cofidis +0:40
9 Davide Rebellin (Ita) CCC Polsat Polkowice +0:43
10 Geraint Thomas (GBr) Sky +0:44
98 Fábio Silvestre (Por) Trek Factory Racing +10:57

(escrito em português de acordo com a antiga ortografia)